Homicídio em Pedra Rolada: Familiares da vítima pedem justiça

30/05/2016 07:23 - Modificado em 30/05/2016 07:23

FACAO jovem Artur Jorge da Luz Lopes de 22 anos, conhecido por “Arturim”, foi morto à facada na zona de Pedra Rolada em São Vicente, na madrugada do dia 27. Tudo terá acontecido na sequência de um desentendimento entre a vítima e os agressores. Entretanto, as investigações sobre o homicídio continuam e o funeral da vítima aconteceu na tarde deste domingo. Consternados com a perda, os familiares clamam por justiça.

O assassinato de “Arturim” continua a ser um mistério para os familiares pois, até ao momento, não sabem precisar os motivos que terão levado à morte do jovem. Conforme testemunhas oculares, a vítima de 22 anos, terá sido assassinada à facada e à pedrada na zona de Pedra Rolada, à porta da residência dos agressores.

Conforme informações da Polícia Nacional, antes do trágico acontecimento, agentes da PN ter-se-ão deslocado ao local a fim de reporem ordem ao problema que aparentemente parecia resolvido. Entretanto, na ausência dos polícias e na sequência do conflito entre a vítima e os agressores, o jovem acabou por ser morto com várias facadas e pedradas. Pelo menos três suspeitos foram detidos para serem apresentados ao Tribunal.

De acordo com Benvindo Lopes, pai da vítima, este apenas sabe que o filho foi morto por um grupo de pessoas que se juntou à sua volta como se fosse um animal. O mesmo desconhece qualquer rixa entre os envolvidos, entretanto, sabe que o filho se encontrava em casa e que em determinado momento saiu para responder a uma pessoa que o chamava na rua e que, até ao momento, não regressou a casa.

Amigos e familiares não se conformam com a perda e com a forma trágica como perdeu a vida, por isso, apelam que os culpados sejam responsabilizados. A vítima deixou um filho menor de dois anos. O corpo de “Arturim” foi submetido a autopsia e decorrem as investigações por parte da Polícia.

Informações colhidas dão conta que a vítima deveria estar a cumprir pena de prisão pela prática de crime de roubo, contudo, em Fevereiro último, saiu em liberdade.

O funeral da vítima aconteceu na tarde deste domingo.

  1. Dje Guebara

    Um delincuente menos em a sociedade.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.