“Tubarões Azuis” acreditam no terceiro apuramento consecutivo para o CAN

24/05/2016 08:56 - Modificado em 24/05/2016 08:56
| Comentários fechados em “Tubarões Azuis” acreditam no terceiro apuramento consecutivo para o CAN

tubaroes azuisA Selecção Nacional de Futebol de Cabo Verde, iniciou esta segunda-feira, 23 de Maio, a sua concentração para o estágio de preparação para o jogo frente a São Tomé e Príncipe, a contar para a 5ª Jornada de qualificação para o CAN, Gabão 2017.

Apesar das contas complicadas para o apuramento, o combinado nacional almeja a terceira qualificação consecutiva para a fase final da Copa Africana das Nações.

Com uma equipa técnica nova que teve a infelicidade de estreia com uma dupla derrota frente à selecção marroquina que foi a primeira a qualificar-se para o CAN 2017, a Selecção Nacional procura agora posicionar-se como o melhor segundo classificado da fase de grupos de forma a conseguir o apuramento.
A equipa, agora comandada por Beto Cardoso, convocou três jogadores residentes. Para os trabalhos da pré-selecção para este jogo, vai estar em Portugal, na Academia Alcochete para o estágio, à espera de juntar todos os pré-convocados uma vez que alguns ainda estão em compromisso com as respectivas equipas e só comparecerão nos dias 29 e 30.
Para se preparar para a maior montra do futebol africano, o CAN, a equipa vai permanecer até ao dia 31 em Alcochete, onde serão realizados jogos treinos e no dia seguinte segue viagem para São Tomé e Príncipe.
São Tomé e Príncipe e Cabo Verde jogam no dia 04 de Junho, no Estádio 12 de Julho, em São Tomé, tendo Cabo Verde goleado por 7-1 a selecção santomense no primeiro embate entre as duas equipas.

De acordo com a imprensa local, a equipa iniciou na semana passada a preparar-se para o embate frente aos “Tubarões Azuis”, no Estádio Nacional.

Recorda-se que a Selecção Nacional ocupa o segundo lugar da tabela liderada por Marrocos com 12 pontos e a selecção de São Tomé e Príncipe, em igualdade pontual com a Líbia, ocupa o quarto lugar com três pontos.

Os 25 pré-convocados:

Guarda-redes: Vozinha (FC Zimbru, Moldávia); Ivan “Somada”, (Gil Vicente, Portugal) e Nilson (Bairro Craveiro Lopes, Cabo Verde).

Defesas: Carlitos (Omonia AC – Chipre); Ianique “Stopira”, (Videoton – Hungria); Kiki Balack (CM Mafra – Portugal); Tiago (Belenenses – Portugal); Romário Carvalho (Boavista da Praia – Cabo Verde); Vally (Progresso Luanda Sul – Angola) e Pecks (Gil Vicente – Portugal).

Médios: Calú, (FC Zimbru – Moldávia); Leleco (UD Oliveirense – Portugal); Babanco (Estoril Praia – Portugal); Jamiro (SC Cambuur – Holanda); Marco Soares (AEL Limassol – Chipre) e Sténio “Nivaldo” (Cherno More Varna – Bulgária).

Avançados: Garry (PAOK – Grécia); Heldon “Nhuck” (Rio Ave – Portugal); Jerson Cabral (Football Club Twente ’65 – Holanda); Djaniny (Santos Laguna – México); Júlio Tavares (Dijon Football Côte d ́Or – França); Ryan (Nottingham Forest – Inglaterra); Ricardo Gomes (Nacional da Madeira – Portugal); Nuno Jóia (Valenciennes Football Club – França) e Tó (Sporting Clube da Praia – Cabo Verde).

De fora estão os médios Nuno Rocha, Odair Fortes e Kay, suspensos pelo Conselho de Disciplina da Confederação Africana de Futebol (CAF), por terem, no caso de Nuno Rocha e Odair Fortes atingido a série de dois cartões amarelos, enquanto que o defesa Carlos Graça, “Kay”, está castigado com um jogo de suspensão por acumulação de amarelos, tendo sido expulso no jogo em Marraquexe, Marrocos, que ditou a vitória de 2-0 para os marroquinos.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.