Director Nacional da PJ pede e ministra diz que dá mas pede tempo

13/05/2016 05:31 - Modificado em 13/05/2016 05:31
| Comentários fechados em Director Nacional da PJ pede e ministra diz que dá mas pede tempo

patricio varelaDe acordo com Patrício Varela, a sociedade cabo-verdiana está com grandes expectativas em relação à PJ no sentido que consiga dar uma resposta cada vez mais célere, adequada e efectiva à demanda das populações.

Conforme explica, é por essa razão que a direcção da PJ vai solicitar ao novo governo um conjunto de reivindicações dos funcionários tais como aumento salarial, progressões, o quadro de transição e também “afectar” meios adequados e suficientes para que a PJ possa desempenhar, “sem constrangimentos, as suas funções que são importantíssimas no quadro da prevenção da criminalidade, da investigação criminal e, em particular, da grande criminalidade”.

Uma das prioridades é o reforço do pessoal e também a criação de uma brigada de investigação autónoma, para actuar na área dos aeroportos e portos nas ilha do Sal e Boavista, reforçar em São Vicente a mesma brigada e também fazer com que o departamento de investigação criminal, que foi criado em Assomada, seja efectivamente implementado.

Por seu lado, a Ministra da Justiça e Trabalho, Janine Lélis, disse que o Governo irá fazer de tudo o que estiver ao seu alcance, de forma a dar à Polícia Judiciária os reforços, as competências e capacidades para fazer o efectivo combate à criminalidade.

Mas pede um tempo à instituição, apesar de saber, como sublinha, da sua espera pela aprovação dos novos estatutos, mas lembra que é um governo novo, com uma visão diferente, “mas ciente da importância da PJ e da necessidade de motivação e do reforço desta instituição”.

Estas demandas e promessas foram feitas na sequência do vigésimo aniversário da Polícia Judiciária, numa conferência sobre Criminalidade Organizada Transnacional: a situação actual e os desafios de Cabo Verde nos domínios do Terrorismo e do Tráfico de Drogas.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.