PJ empenhada a apurar as responsabilidades do massacre em Monte Tchota quando tiver autorização

13/05/2016 05:23 - Modificado em 13/05/2016 05:23
| Comentários fechados em PJ empenhada a apurar as responsabilidades do massacre em Monte Tchota quando tiver autorização

PJO director nacional da Polícia Científica, Patrício Varela, afirma que a Polícia Judiciária (PJ) está empenhada na investigação do massacre em Monte Tchota que culminou em onze mortes. Mas para fazer isso a PJ  aguarda delegação de competências para assumir a investigação.

Mas conforme o NN noticiou a investigação está a ser   tutelada pelo Comando da 3ª região militar de Cabo Verde . Varela disse que  “A PJ procedeu às primeiras investigações no terreno logo após a ocorrência dos factos e espera que haja delegação da competência para iniciar as investigações”. Esta delegação de poderes só se concretizará se o pedido que o MInisterio Publico fez para tutelar o processo for aceite, visto que se trata de um crime cometido por um militar num destacamento militar. O director nacional da PJ adiantou que “estamos empenhados em esclarecer os factos e apurar as responsabilidades” e  assegura que até então a PJ não está em condições de adiantar nada sobre o caso e que mais tarde com o andar das investigações será possível apresentar dados concretos.

Patrício Varela falava aos jornalistas à margem de uma cerimónia para assinalar os 23 anos da instituição, que hoje decorre na cidade da Praia.

Os corpos das 11 pessoas foram encontrados a 26 de abril no Destacamento Militar de Monte Txota, concelho de São Domingos, ilha de Santiago, mas de acordo com as primeiras informações oficiais o crime terá ocorrido na madrugada de 25 de abril.

O suspeito dos homicídios é o soldado do mesmo destacamento António Silva Ribeiro, 22 anos, que foi detido cerca de 24 horas depois da descoberta dos corpos e aguarda julgamento em prisão preventiva no Estabelecimento Prisional Militar, na cidade da Praia.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.