Agressão a um aluno: Inspectora-geral de Educação recusa-se a falar

12/05/2016 08:09 - Modificado em 12/05/2016 08:09

agressão professorA Inspectora-geral da Educação, Maria Clara Marques, recusa falar a imprensa sobre o caso de agressão ao aluno, na Escola Secundária Olegário Tavares, porque a mesma está para ser substituída do cargo.

A assessoria de imprensa do Ministério da Educação informa que Maria Clara Marques está em processo de substituição do cargo. Desta forma justifica-se a opção pelo silêncio sobre o caso de agressão na Escola e não fala sobre as possíveis medidas a serem tomadas, adianta à RCV.

Por outro lado, o subdiretor da escola confirma a agressão do professor a um aluno do 7º ano e que o caso está sob a tutela do Conselho de Disciplina. A mãe do aluno agredido, por sua vez, assegura que o professor pediu-lhe desculpas e que apesar de discordar da atitude do mesmo, não tencionava apresentar queixa.

  1. Maria

    Será que esse “professor” ainda não está suspenso das suas funções de professor?

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.