Joaquim Monteiro é candidato presidencial

10/05/2016 08:27 - Modificado em 10/05/2016 08:27

joaquim monteiroJorge Carlos Fonseca, actual Presidente da República, já não vai estar sozinho na corrida para as próximas eleições presidenciais. Da parte de candidatos apoiados por outros partidos, ainda ninguém assumiu, mas Joaquim Monteiro afirma que vai concorrer nas próximas eleições presidências.

O candidato a Presidente da República, Joaquim Monteiro, em entrevista à RCV, afirma que está a cumprir uma promessa que fez aos cabo-verdianos e a Amílcar Cabral de dedicar a sua vida para construir o futuro de Cabo Verde.

“Eu prometi ao povo de Cabo Verde que seria candidato em 2016 e 2021, com a ajuda e vontade de Deus e do povo, e dar a Cabo Verde o que jurei a Amílcar Cabral, que a minha vida seria dedicada ao bem-estar e ao futuro dos cabo-verdianos, as crianças”.

Joaquim Monteiro candidatou-se em 2011, mas não conseguiu passar a segunda ronda tendo ficado como o candidato menos votado. Mas desarma e quer fazer melhor nas próximas eleições que se avizinham. E nestas eleições chama a atenção à questão da fraude eleitoral, que no seu ponto de vista, aconteceu nas últimas presidenciais.

“Confirmo e chamo a atenção a todo o povo cabo-verdiano que esteja atento fiscalizando ele próprio, o seu voto. Em 2011 eu tinha ganho na Bélgica mas nos resultados oficiais de Cabo Verde fui eu quem teve menor score de votos”.

Assume-se como independente e relembra o slogan da última eleição de que era e ainda vai ser “candidato do povo, com o povo e para o povo”.

  1. carlos professor

    mais um pra animar a malta, sinceramente tem cada gente nesse planeta e eu nao entendo o porque de tanta falta de inteligencia, quer mais é ganhar algum dinheiro com os votos obridos

  2. cardosinho

    Ba ta spera!

  3. Torre do Tombo

    Não podia deixar passar despercebida a falsificação destas eufóricas afirmações e informações do Jack.
    Aliás estou saturado com o facto de que a torto e a direito aparecem pessoas evocando o nome de Amílcar Cabral com a finalidade de obterem benefícios ou simplesmente uma massagem para o seu ego.
    Jack nunca encontrou com Amílcar Cabral, em parte nenhuma, quanto mais para fazer tais juramentos. Pura alucinação e há pessoas ainda vivas que podem confirmar esta minha afirmação.
    Quem conhece o Jack tem sérias dúvidas daquilo que ele possivelmente poderá ter feito quando das suas fugazes passagens, entre elas, pela França, Bélgica, Holanda, Alemanha,etc,etc,.
    Cabo Verde encontra-se neste momento numa outra fase e num outro patamar que a repetição da brincadeira das últimas eleições presidenciais nas quais Jack jocosamente se candidatou, tem desta vez um mau gosto.
    Até tal atitude é uma falta de respeito e consideração para com o actual Presidente JCF que merece um adversário com estofo político e com uma outra estatura e outro perfil.
    Sejamos honestos. Jack é simplesmente fraquinho e os tempos são outros.
    Também não compreendo o motivo porque as pessoas que tomaram parte no processo da independência e a maioria ainda está viva, não aparecem para publicamente desmascarar esses falsos heróis, entre eles o Jack com os seus exultantes juramentos de fidelidade a Amílcar Cabral e ao povo cabo-verdiano.
    Talvez muitos deles estão também comprometidos com a poluição e a falsificação da verdadeira história de Cabo Verde após o começo da luta armada.

  4. manel_de-sont

    Mas como é um jovem jura ao estrangeiro Amílcar Cabral e que é o deus dele . Ele ia lutar na cabo Verde com o que e ma qeum, . Qual é criol cobord preguiçoso que ia pegar na arma. Isto é tud mentira

  5. Carlos Almeida

    Para já ele ganhou esta conversa com o Notícias do Norte e estes comentários. Uma centenas de votos pagos com o dinheiro dos contribuintes. Nada a perder.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.