Homicídio: Familiares de “Váva” revoltados com absolvição do arguido

3/05/2016 08:18 - Modificado em 3/05/2016 08:18
| Comentários fechados em Homicídio: Familiares de “Váva” revoltados com absolvição do arguido

O arguido Hipólito, segurança do matadouro de São Vicente na Ribeira de Craquinha, acusado da prática de crime de homicídio de forma agravada foi absolvido pelo Tribunal da Comarca da ilha, uma vez que não ficou provado que o guarda terá atingido o colega com um golpe de faca. Quem não ficou satisfeito com a sentença foram os familiares da vítima “Vává” que se revoltaram ainda dentro do Tribunal prometendo fazer justiça com as próprias mãos.

A decisão do Tribunal em absolver o arguido Hipólito deixou os familiares da vítima revoltados. Após a leitura da sentença, os familiares de “Vává” mostram-se indignados e resolveram causar desordem dentro do edifício do Tribunal. O tumulto foi tão grande que chamou a atenção de várias pessoas que se deslocaram frente ao Tribunal para presenciarem ao ocorrido.

Os familiares prometem fazer justiça com as próprias mãos caso o arguido continuar em liberdade. Para os familiares da vítima com quem o NN conversou, justiça não foi feita, pois o arguido matou uma pessoa e vai ser libertado como se nada tivesse acontecido.

Este online conversou com Idalina, irmã da vítima, que diz estar descontente e revoltada com a justiça que não foi capaz de provar que foi o arguido quem espetou a faca contra o irmão. Roseane, filha da vítima, encontrava-se em prantos e bastante comovida com a morte do pai e acredita que terá sido o próprio arguido a matar o pai, mas esperava que justiça fosse feita.

Já se passaram seis meses do falecimento da vítima. Andreza, esposa do ofendido com quem teve três filhos, afirmou ao NN que depois da morte do companheiro a situação familiar tornou-se ainda mais difícil, pois era o Vává quem levava o sustento para a família.

A família da vítima diz que são os familiares e amigos a ajudá-la a ultrapassar algumas dificuldades. Embora a Câmara Municipal tenha contribuído com um “subsídio de morte”, Andreza receia que o único rendimento lhe venha a ser retirado.

familiares vava

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.