ULCV no Mindelo chora a morte do professor Danielton Monteiro

28/04/2016 08:08 - Modificado em 28/04/2016 08:08
| Comentários fechados em ULCV no Mindelo chora a morte do professor Danielton Monteiro

lusofonaA Universidade Lusófona de Cabo Verde (ULCV), com sede na cidade do Mindelo, encerra devido à morte do docente Danielton Monteiro que está entre as vítimas do massacre de Monte Tchota.

A Universidade Lusófona de Cabo Verde no Mindelo emite nota informativa, comunicando estar de portas fechadas devido ao falecimento do professor Danielton Monteiro, mais conhecido por Dani. Este terá solicitado uma licença sem vencimento por três meses daquela instituição para a realização dos trabalhos de manutenção no destacamento de Monte Tchota. Neste sentido, a ULCV em São Vicente diz que “é com o mais profundo pesar que a Universidade Lusófona de Cabo Verde informa aos discentes, docentes e colaboradores em geral do falecimento do caríssimo Eng. Informático Danielton Monteiro”.

Devido à morte do professor Dani, a ULCV procedeu de imediato à suspensão das aulas nocturnas no dia 26 e de todos os turnos no dia 27 de Abril. A notícia provocou muita consternação na Universidade e entre lágrimas, muitos alunos receberam a notícia do falecimento do professor Dani. Também colegas e amigos do professor que estavam na ULCV ficaram de rastos ao tomarem conhecimento que Dani estava entre as vítimas mortais do Monte Tchota.

Assim sendo, a ULCV endereça os sentimentos de pêsames à família enlutada e fecha as portas como forma de expressar o luto da instituição na qual Danielton leccionava várias disciplinas.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.