Onde está o Chefe de Estado Maior das Forças Armadas?

28/04/2016 07:35 - Modificado em 28/04/2016 14:31

alberto fernandesOnde está o Chefe de Estado Maior da Forças Armadas? A resposta é simples: está fora do País a participar num encontro do Chefes de Estado-maior da CPLP. Nada de anormal, visto que não podia adivinhar que na sua ausência as Forças Armadas de Cabo Verde iriam viver o maior trauma da sua história: oito militares mortos e um detido como suspeito de ter morto os colegas.

O que um oficial superior, que respeitamos o anonimato, diz é que “o CEMFA foi participar na cimeira quase a revelia, pois o momento de transição que se vive no país não aconselhava a sua saída“. Este oficial superior defende que o “CEMFA foi posto perante essa questão, mas preferiu participar no encontro“. Isto, quando outros oficiais defendiam que mediante as mudanças políticas operadas “ele devia esperar pelas orientações do novo ministro da defesa, saber se mantinham as mesmas orientações em relação ao papel das FA na CPLP“.

Mas, o certo é que Alberto Fernandes, CEMFA, tem muitas perguntas a responder no seu regresso ao país e a mais importante é “Como é possível que um destacamento militar tenha sido dizimado e as FA não sabiam?”. Foram os funcionários da Telecom que descobriram os corpos.

  1. CidadaoCV

    Pois é …. Como é possível, ter sido os técnicos da Telecom a descobrir toda esta chacina, num destacamento militar? mais de 24 horas depois? É muito desleixo. Um amigo meu de “serviu tropa”, Monte Tchota é “lugar relaxe”.

  2. Gastão, Elias

    O grande desígnio é estar no palanque.

  3. Robin

    E mais. Tendo sabido deste acontecimento trágico no seio das forças armadas ele deveria ter regressado imediatamente ao país.

  4. Militar atento

    esse CEMFA é um playboy, nem formação militar nem académica, criou um empresa para vender para as FA, isso qu ele é e mais nada

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.