O autor da chacina de Monte Tchota terá sido detido: terá morto os militares um a um

27/04/2016 08:24 - Modificado em 27/04/2016 09:57

antany silva2O soldado suspeito da chacina das onze pessoas, ontem, no Monte Tchota terá sido detido. Chama- se Manuel António Silva Ribeiro, 22 anos, conhecido por “Antany Silva”. Ainda não foram divulgados os motivos que o levaram o cometer o que já é considerado o pior crime de sangue ocorrido em Cabo Verde.

Os familiares que passaram a noite na esquadra da PN do Palmarejo disseram que o soldado confessou que matou as onze pessoas, mas não disse o que lhe levou a cometer tal acto. Um tio de Antany, como é conhecido, disse que este revelou que matou as onze pessoas a tiro uma a uma. Os familiares estavam apreensivos e temiam pela sua segurança, visto que o suspeito tinha deixado na sua casa uma metralhadora AKM e três carregadores cheios de munições.

Resta confirmar a versão do suspeito  e saber os motivos que estão por detrás desse acto tresloucado. Este online sabe que a PJ e os serviços secretos após conhecerem o nome do suspeito já apuram quais são as relações do soldado e que por enquanto não há relações com o mundo do crime. Assim a pista das motivações pessoais, avançada pelo ministro da administração aparece ser um caminho que a investigação está a levar a sério. Mas essas motivações pessoais podem não conseguir explicar como um militar dízima um destacamento militar matando oito militares e três civis.

  1. Francisco andrade

    A minha preocupação é : como um fuzileiro com 1 ano de serviço militar consegue assassinar 8 militares num local e mais 3 civis. Será que o pessoal que estava de guarda em Monte Tchota não possuia armas? Como é possível que esses soldados que estão mortos não conseguirem deter o presumível homicida? E como não conseguiram pedir socorro?
    sta história está mal contada.

  2. Jorge Artur Vieira

    Tudo muito estranho. Compete à investigação criminal esclarecer as circunstâncias em que um homem só, abate, uma a uma, doze pessoas sem que tenha havido qualquer reacção, tentativa de fuga e de sobrevivência. Todos abatidos.
    Isto num suposto aquartelamento, que supostamente tem pessoal de serviço, armado e um comando.
    Num local de instalações muito importantes, de telecomunicações e da ASA. Não exite video vigilância ? não sobrou ninguém para contar ?
    Tudo muito estranho. Falta aqui algo de muito importante.

  3. TUDO STA MUITO STRANHO PAMODI UM SOLDADO PA MATA 11 COLEGA TA DA KI PENSA A NÁO SER KI ES STABA BEM DOPADO DE ALGO PA ALGUÈM INTELIGENTE QUE TA RACIOSINA STORIA STA IMPOSSIVEL DE ACREDITA MATEMATICA STA MAL FEITO PAMODI EM 1 LUGAR SI STABA 12 ALGUÈM EL È DISPARA 1 AO 2 KES OUTO TA AVANÇA NA EL ES TA POL NA TCHON ES TA CABAL KU FORÇA ENTÁO KA TEM CABIMENTO DES STORIA LI PA NHÔS BEM FLA MA EL È MATA 11 COLEGA DE TRABADJO , UM 1 KUSA KIM KRE FLA ALGUÈM NA DISESPERO DE SALVA SI CABEÇA ES TINHA KI FAZI ALGUM KUSA PES CONSIGUE SAFA INDA MAS TROPA KI TEM MAIOR TRENO PA DIFENDI TUDO KUSA , ENTÂO SI EL EL SÔ È CONSIGUE MATA 11 COLEGA ENTÀO NES CASO TROPA DE CABO VERDE STA MAL PREPARADO

  4. Maria Fernanda Almei

    Estou de acordo c/as pessoas acima indicadas. Surpreende-me que 1 pessoa mate 11 outras (como dizem)uma a uma e nenhuma reage contra o assassino???? A história está vastante confusa neste meu pequeno cérebro. Que nis esclareçam, e deixarmis de ter dúvidas.Um muito obg. Antecipado.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.