Júlio do Rosário: “encontrámos uma associação deficitária em todos os aspectos”

26/04/2016 08:37 - Modificado em 26/04/2016 08:37

julio rosarioEm mandato desde Outubro de 2015, Júlio do Rosário fala sobre esta primeira fase a seis meses de um mandato com três anos à frente da Associação Regional de Futebol de São Vicente (ARFSV), dos desafios e dos projectos da actual direcção.

Os seis meses à frente da ARFSV, segundo Júlio do Rosário, têm sido de trabalho árduo: “encontrámos uma associação deficitária em todos os aspectos”, acrescentando que a nova direcção teve de, “praticamente”, começar do zero e “conseguimos tirar a associação do vermelho e hoje temos bons índices de melhoria”.

Esta melhoria aconteceu porque todos os membros da actual direcção abraçaram este projecto, diz, uma vez que “temos estado a trabalhar em prol do desenvolvimento do futebol em São Vicente”.

O Presidente da actual direcção conta que na altura da tomada de posse da ARFSV, pediram aos associados dos clubes uma época para conhecerem os cantos da casa e inteirarem-se dos problemas e dificuldades que poderiam existir. E com elas identificadas, “agora estamos a trabalhar para mostrar a diferença” e para que as próximas direcções possam encontrar uma associação com alicerces seguros”.

Isto porque, segundo Júlio do Rosário, quando chegaram à ARFSV a antiga direcção não lhes facultou nenhum documento dos três anos de mandato e tiveram de recorrer às antigas direcções lideradas por Daniel Jesus, actual Presidente do Mindelense que lhes concedeu alguns ficheiros o que “possibilitou” arrancar com os trabalhos.

Acusa a antiga direcção de, nos três anos à frente da associação, nunca ter apresentado as contas aos associados.

Desafios

Os maiores desafios têm sido, conforme adiantou, cumprir com a palavra porque, para trabalhar, uma associação tem de ter financiamentos e existem as despesas fixas como o policiamento, a arbitragem, entre outros. “Comprometemo-nos e temos estado a cumprir com a nossa palavra, para além da liquidação das dívidas antigas que encontrámos. E graças aos apoios, temos conseguido honrar os nossos compromissos”, assegura.

Campeonato

Em relação ao campeonato, o mesmo considera que decorreu sem nenhum sobressalto, decorreu normalmente porque a partir do momento em que honramos a nossa palavra, tudo corre bem e, em virtude disso, foi demonstrado que tivemos um campeonato bem disputado até à 12ª jornada em que o Mindelense revalidou o título.

Na segunda divisão, na 10ª e última jornada do campeonato que acontece este fim-de-semana, 30, será apurado o campeão entre Ribeira Bote e Castilho.

Essa direcção ainda reintroduziu o campeonato de sub-19 que era um escalão que a antiga direcção “praticamente destruiu”, porque não tiveram capacidade de realização das provas.

Ainda estão a ser organizados os campeonatos de sub-15, sub-17 e futebol feminino.

Relativamente ao funcionamento de todas as actividades, Júlio do Rosário afirma que “prestámos um serviço social e todas as provas têm acontecido normalmente”.

Informa também que já estão a trabalhar na planificação da próxima época futebolística e espera que seja mais produtiva que esta, prestes a terminar. Considera a introdução do sub-11 e sub-13 de forma a haver competição entre as escolas de formação.

Em relação às equipas, classifica como boa a relação com os clubes de futebol, porque o “objectivo é o futebol de São Vicente”.

Como Presidente de uma direcção jovem que trabalha para o desenvolvimento do futebol da ilha do Monte Cara, está convicto num bom nacional de futebol promovido pelas duas equipas representantes de São Vicente.

  1. gastão alves

    “Acusa a antiga direcção de, nos três anos à frente da associação, nunca ter apresentado as contas aos associados.”

    Nunca vi alguém descaradamente falar tamanha mentira. Esse sr. fez da mentira o seu dia a dia, deveria ter cuidado no que diz e respeitar as pessoas.
    Ainda tratando-se de uma instituição o jornal deveria ao menos ouvir a anterior direção e/ou os clubes associados.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.