Piñatas com rosto de Trump são sucesso de vendas

25/04/2016 07:37 - Modificado em 25/04/2016 08:59
| Comentários fechados em Piñatas com rosto de Trump são sucesso de vendas

trumpA norte-americana Lorena Robletto tem lucrado ao vender piñatas inspiradas em Donald Trump na sua loja em Los Angeles. Estão disponíveis em três tamanhos e podem ultrapassar os 105 euros.

Tudo começou no México, no verão passado. Depois de Donald Trump lançar acusações aos imigrantes mexicanos nos EUA, começaram a ser comercializadas piñatas com o seu rosto. Em Los Angeles, Lorena Robletto aproveitou a moda para fazer render a sua loja de adereços, Amazing Piñatas. Os resultados foram esmagadores: começou a construir, com as suas próprias mãos, os objetos típicos inspirados no candidato republicano à Casa Branca e, desde então, ainda não se passou um único dia em que não tivesse clientes interessados.

Robletto estima já ter vendido milhares de piñatas desde o ano passado, sendo que, recentemente, até recebeu uma encomenda de 150. Os famosos “Trumps” estão disponíveis em três tamanhos: uma versão miniatura; uma intermédia, que custa 35 dólares (31 euros); e uma outra ajustável ao pedido do cliente, que começa nos 120 dólares (cerca de 105 euros).

Parte deste sucesso deve-se, precisamente, ao facto de ser ela própria a fazer as piñatas. “Acho que criámos um nicho, porque gostamos de fazer as coisas de forma diferente. Somos mais criativos”, defendeu a artista, que tem uma equipa de cinco pessoas ao seu lado, ao “site” “Mashable“.

Estes objetos podem parecer apelativos para quem não simpatiza com o multimilionário, mas a empresária norte-americana garante que as suas criações têm vindo a ser adquiridas, maioritariamente, por apoiantes do mesmo, com um fim puramente decorativo.

“Não me surpreende que as vendas de piñatas do Donald Trump estejam em efervescência”, sublinha Christian Grose, professor de ciência política na Universidade do Sul da Califórnia, à mesma publicação. “Quem as compra está a votar com a carteira e poderá estar a votar nas urnas em novembro. Não me surpreenderia se isso resultasse num aumento do número de votantes latinos”.

Com o negócio a crescer, Robletto também recebeu, recentemente, a primeira encomenda de uma piñata de Hillary Clinton.

jn.pt

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.