“Operação Príncipe III”: seis dos nove detidos ficam em prisão preventiva

21/04/2016 08:15 - Modificado em 21/04/2016 08:15
| Comentários fechados em “Operação Príncipe III”: seis dos nove detidos ficam em prisão preventiva

cadeia praiaSeis do nove detidos da  “Operação Príncipe III”, que culminou com a apreensão de 280 quilos de cocaína, ficaram em prisão preventiva. Foi está a decisão do Tribunal da Praia que atingiu um cabo-verdiano, um russo e aos quatro brasileiros que estavam a bordo do navio de pesca denominado Príncipe III que vinha do Brasil para fazer o transbordo de droga em águas cabo-verdianas. Assim os implicados vão aguardar o desenrolar do processo na cadeia de São Martinho, na Praia.

Já os três cabo-verdianos que foram detidos na sequência de investigações na Praia e em Assomada ficaram sob Termo de Identidade e Residência, estando impedidos de saírem do País.

A Polícia Judiciária (PJ) cabo-verdiana apreendeu no fim-de-semana, cerca de 280 quilos de cocaína a bordo de uma embarcação de pesca que se preparava para fazer um transbordo em alto mar.

A apreensão aconteceu a Sul da ilha do Fogo, quando um navio de pesca brasileiro denominado Príncipe III, e que dá o nome à operação, vinha do Brasil para fazer o transbordo de droga em águas cabo-verdianas, mas não terá chegado ao local combinado por falta de combustível.

O barco, que tinha quatro cidadãos brasileiros, ficou à deriva em alto mar e um veleiro, com um cabo-verdiano e um russo, saiu da Praia com 450 litros de combustível para o abastecer.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.