Idoso estava morto há seis dias dentro da sua casa

30/08/2012 06:54 - Modificado em 30/08/2012 06:54

Foi encontrado, na tarde de quarta-feira, um corpo sem vida numa residência, na Travessa de Santiago, na ilha de São Vicente. Trata-se de um indivíduo, de 77 anos, de nome, Vicente Correia. A vítima estava desaparecida há seis dias, pelo que o mau cheiro que se fazia sentir no bairro alertou os vizinhos.

 

Vicente Correia, de 77 anos, ex funcionário da TRANSCOR, foi encontrado morto dentro da sua residência, na quarta-feira, por volta das 16 horas. Segundo o que apuramos há cerca de seis dias que a vítima não era vista pelos vizinhos. E que o mau cheiro que se fazia sentir na Travessa de Santiago, nas imediações da Rua Argélia, fez com que os moradores accionassem a Polícia Nacional.

De acordo com os vizinhos “ele morava sozinho nessa casa e raramente saía a rua, por isso ninguém se apercebeu da sua ausência. Porém há cerca de três dias que sentíamos um cheiro desagradável nesta rua e hoje apercebemos que o cheiro vinha da sua casa, por isso chamamos as autoridades”.

A Polícia Nacional e a Protecção Civil deslocaram-se ao local e ao entrarem no interior da casa encontraram o corpo deitado num colchão de esponja. De seguida accionaram a delegada de Saúde e a Policia Judiciária, no sentido realizarem diligências para se saber a causa da morte.

Mas devido ao avançado estado de decomposição do corpo, as autoridades criminais e sanitárias não realizaram a autópsia. Mas de acordo com a PJ “o estado do corpo não permite fazer uma perícia cuidada para sabermos a causa da morte. Mas pelas características suspeitamos que seja uma morte natural”.

O corpo foi levantado pelos bombeiros depois da Delegacia de Saúde e Polícia Judiciária terem autorizado e conduzido de imediato para o cemitério.

  1. Any Brito Benrós

    Bom dia!
    Por favor, onde fica a Travessa de Santiago, nas imediações da Rua Argélia.
    Obrigada.

  2. silvia rocha

    sinceramente , ess terra de nos gente te morre e ser interrot cima catchorre… e so ne cabverde ke bo te uvi dze ke corpo tava em estade de decomposicao e ke podia faze um autopsia… isso e cd riscot , sempre ke precisa de um autopsia ministerio de saude tem um desculpa , resumindo ej kre popa tempo , ganha dher de graca e ke po mon na mansa…

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.