Festival da Laginha: “Parabéns Mindelo”

15/04/2016 08:35 - Modificado em 15/04/2016 08:35
| Comentários fechados em Festival da Laginha: “Parabéns Mindelo”

laginhaO Festival da praia da Laginha que vai na sua 3ª edição, como explica a organização, é para homenagear a cidade do Mindelo. Pela impossibilidade de o fazer a meio da semana, 14 de Abril, dia em que a cidade faz anos, o fim-de-semana fica reservado para a festa. E o tema recorrente destes dias é: “parabéns Mindelo”.

Um Festival onde a organização quer apostar forte, tanto em qualidade como em longevidade. Tito Paris garante que “o Festival veio para ficar”. O problema que se tem verificado até ao momento e também nas outras edições, está relacionado com os patrocinadores. “Nós não temos muito mas, através dos patrocinadores, vamos fazendo um Festival com mais qualidade. Este ano vai ser muito melhor do que o ano passado, porque as coisas vão crescendo e este Festival não vai morrer”, afirma Tito.

“O orçamento não chega aos mil contos, porque os artistas têm colaborado juntamente com algumas empresas da ilha e se não fossem eles e a sua boa vontade, porque gostam do Mindelo e da sua cultura, não teríamos festival nenhum”. Mesmo assim, ainda apela às empresas para se juntarem à organização do Festival para que a ilha possa continuar a ganhar.

O cartaz do Festival tem nomes de artistas conceituados como Nancy Vieira, Mirri Lobo, Tito Paris, Sara Tavares e, de Angola, Paulo Flores. Para Tito, a qualidade do Festival não está em questão com os grandes nomes da música nacional.

É um evento não lucrativo e os artistas dão “a sua boa vontade ao Festival”. Nancy Vieira, um dos nomes fortes do cartaz, fala do motivo que a levou a vir a esta edição do Festival. “Amor por São Vicente, por Cabo Verde, pela música, amor pelo público, amor à Laginha, ao meu amigo Tito. Como todos sabem, somos artistas a tempo inteiro, e é esse o nosso ganha-pão. Mas, acima de tudo, é uma paixão e somente depois é que se tornou num ganha-pão. Venho para cantar para o público que nos acarinha e para estar com os meus amigos”.

O objectivo é fazer uma festa bonita para São Vicente. E Tito Paris pede mais atenção ao Festival por parte das autoridades. “Tem de ser dada mais atenção ao Festival, seja por parte do Governo e do poder local. E se houver o engajamento das autoridades, assim como fazem noutros eventos onde investem, poderíamos fazer um Festival muito melhor”. Com a mudança de Governo, Tito espera também em mudanças.

O Festival movimenta a zona da Laginha e a organização diz que com mais atenção pode vir a tornar-se num produto turístico de Cabo Verde.

Sábado e domingo os caminhos vão dar à Laginha para mais uma edição do Festival. E, neste sentido, a organização apela ao civismo que sempre reinou nas outras edições.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.