Homem perdoa esposa que lhe tentou arrancar os olhos

29/08/2012 09:12 - Modificado em 29/08/2012 09:12

Um homem norte-americano, que foi esfaqueado quatro vezes e quase ficou sem olhos, diz que ama e perdoa a mulher, mesmo depois de ela quase lhe ter provocado a morte, divulgou o ‘Daily Mail’ esta terça-feira.

 

Dereck Burns, de Flint (EUA), ficou de tal forma ferido que a polícia pensou que acabaria por morrer.

Wendy Burns, de 49 anos, foi condenada a seis anos de prisão na semana passada, após admitir que usou uma faca para esfaquear o marido. Além disso, tentou arrancar-lhe os olhos, bateu-lhe violentamente com um cinzeiro de vidro na cabeça e esmurrou a cara do marido.

Contudo, o homem, de 62 anos, espera pela mulher. “Já lhe escrevi quatro vezes, a dizer que a perdoo, mas nunca recebi resposta”, disse.

Segundo Dereck, Wendy já foi detida várias vezes por ataques cometidas ao longo de 15 anos de casamento.

O homem disse ainda que pretende pedir ao tribunal para reduzir a pena.

Dereck explicou que a esposa teve problemas no passado, relacionados com episódios de violência, e que a perdoa, além de ter saudades dela e ainda a amar.

 

 

 

 

 

cm.pt

  1. Nilton Cardoso

    Da próxima vés vai-te matar.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.