Comissão Política do MpD aprova elenco governamental com onze ministros

8/04/2016 09:00 - Modificado em 8/04/2016 08:56

palacio governoA comissão política do MpD deu luz verde ao primeiro-ministro indigitado, Ulisses Correia, para apresentar o seguinte elenco governamental, hoje, ao Presidente da República.

Ulisses Correia e Silva: primeiro-ministro, responde directamente pela reforma do estado, descentralização e regionalização.

Olavo Correia: ministro das finanças.

Fernando Elísio: ministro-adjunto do Primeiro-ministro e Ministro dos Assuntos Parlamentares.

Luís Filipe: ministro dos Negócios Estrangeiros e defesa

Janine Lélis: ministra da justiça e trabalho

Arlindo do Rosário: ministro da saúde  e segurança social

 Eunice Silva: ministra das infraestruturas ordenamento do território

Abraão Vicente: ministro da Cultura e indústrias criativas

Gilberto  Silva:  Agricultura e Ambiente

José Gonçalves: ministro da economia e emprego

Maritza Rosabal: ministra da educação

Paulo Rocha: ministro da  administração interna

  1. Nelson Cabral Lopes

    haverá emprego e mais trabalho. oba.

  2. jose fortes

    S. Vicente ka tmá nenhum ministro?…. Cuitado de Monte Cara . Bô ka merecê!…

  3. neves

    Felicitamos o Dr. UCS e o MPD, pelo novo Governo e claro todos os caboverdianos devem desejar e contribuir que haja sucessos, melhorias e muit

  4. neves

    Felicitamos o Dr. UCS e o MPD, pelo novo Governo e claro todos os caboverdianos devem desejar e contribuir que haja sucessos, melhorias e muitas realizações!!
    Mas a pasta dos Desportos me parece um pouco “perdido”,, ai no meio dos assuntos parlamentares… O sector das pescas e assuntos do mar, pressupõe-se que estão na pasta da economia.
    sucessos!!!!

  5. Francisco andrade

    Poque não colocou o Livramento como ministro da Educação?

  6. ao jose fortes

    Jose Fortes diz-me lá de onde é o Paulo Rocha? Sabes ele é de que ilha? Seu paspalho paicvista ignorante. O Dr. Paulo Rocha é mnine nascido e criado na Soncente, estes ultimos anos é que ele foi viver pra capital por imposição do seu trabalho. Ignobil tótó!!! Voces do paicv não aprenderam ainda que quanto mais aceitarem a derrota de 20 de Março de 2016 menos doi????

  7. juventude

    Falou tanto na juventude. E agora?

  8. Alcides da luz

    È inèdito em Cabo Verde a indicação para exercer as funções de MAI, atribuidas a um Policia, cuja Formação, Experiência e Profissionalismo demonstrados na PJ, são inegàveis.
    È corajosa porque este cidadão não tem, segundo consta nenhuma vinculação partidária. É inteligente, porque apostou -se em alguèm que conhece as Policias e por ùltimo è uma resposta a alguns Policias que ainda não libertaram das amarras dos Partidos Politicos.
    Daqui para frente a Isen ção e a Imparcialidade têm caminho liver para consolidar – se na Instituição Policial. O Dr. UCS ganha pontos na motivação dos Policias.

  9. A. Mota

    Primeira Questao: Sendo o turismo considerado uma das alavancas da nossa economia, porque o mesmo não tem um ministerio?
    Segunda questao: Qual o motivo da separaçao do ministerio do trabalho e do emprego?
    Terceira Questao: Patriotismo a parte, sera que nao existe nenhum cidadao caboverdiano capacitado para ser ministro da Educação, que tivemos que importar uma cubana?

  10. A. Mota

    Como se sabe o programa de privatizacoes feita pelo MPD nos anos 90 foi liderado pelo economista José Gonçalves, agora Ministro da Economia e Emprego, e levando em conta o insucesso do programa, torna-se pertinente questionar o Sr.UCS que rumo quer dar a economia, sera que estamos regressando as politicas na economia que levaram o pais a bancarrota, não seria melhor deixar esse mesmo Sr. vivendo a sua vidinha no Timor-leste?
    outra questao que se coloca, é o fato de neste momento o governo ter uma equipa bastanta reduzida, que de certa forma exige que quem que esteja no mesmo tenha que desdobrar em varios pelouros, sera que a reducao do salario governamental, tera beneficios para o nosso arquipelago?
    Resta-nos esperar com a conviçao que dias melhores virão e exigir que o governo seja eficiente e eficaz.

  11. Fernando Fortes

    Parabéns ao Paulo.
    Desde de que ele entrou na PJ, o seu chefe de então, já lhe reconhecia capacidade de trabalho e liderança.
    Isso custou muitos problemas ao seu chefe de então,pois, os seus colegas mais antigos não gostaram nada.

  12. l

    JUVENTUDE FICOU SEM PASTA : FICOU COM UMA BOLSA DE CACA

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.