Novo Governo: áreas da juventude e economia preocupam mindelenses

7/04/2016 00:21 - Modificado em 7/04/2016 00:21
| Comentários fechados em Novo Governo: áreas da juventude e economia preocupam mindelenses

Palacio-do-GovernoO Presidente da República e o Primeiro-ministro indigitado já começaram a troca de ideias do que vai ser o próximo Governo. Na página do Facebook do Presidente da República, pode-se ler um post onde se elencam vários actos que foram realizados nos últimos dias. Entre estes pontos, ressalta um encontro que houve, por pouco mais de uma hora com Ulisses Correia e Silva, numa primeira troca de ideias. “Para as primeiras trocas de ideias e impressões sobre o processo que irá conduzir à nomeação e posse do novo executivo, sem descurar aspectos de futuro relacionamento institucional”, escreve.

Adianta que na próxima sexta-feira de manhã, receberá a proposta de estrutura e composição do novo Governo. Um Governo que para Ulisses será reduzido entre dez a doze ministros, incluindo ele próprio.

Enquanto os eleitos vão cumprindo a constituição em termos de timing para formar o novo Governo, os cidadãos esperam com ansiedade a apresentação dos que vão conduzir os destinos do País nos próximos cinco anos.

“Sei que leva tempo, mas estou bastante curioso para saber quem vai estar no próximo Governo e acho que todos querem saber”, manifesta Jorge Delgado. Para este cidadão, as pessoas que vão formar o Governo são uma preocupação, já que são eles que vão levar adiante as políticas do Governo. Na mesma linha de pensamento, Eneida Tavares sugere que tudo o que vai ser feito em Cabo Verde nos próximos anos passará “com certeza pelo Governo que foi escolhido. E, neste sentido, recomenda que sejam escolhidas pessoas que trabalhem e que façam Cabo Verde desenvolver-se.

Toi da Cruz, de Espia, mostra confiança no novo Governo, desde que “sejam escolhidas as pessoas certas, porque vão trabalhar e não apenas por serem do partido vencedor”. Para este cidadão, toda a chave do desenvolvimento do País está nas mãos do próximo Governo e, por isso, aconselha “boa reflexão antes das escolhas”.

A área económica e a juventude são as áreas que mais têm preocupado as pessoas e, neste sentido, espera poder contar com ministros com políticas certas para ajudarem a diminuir o desemprego no País, ao mesmo tempo que vão desenvolvendo a economia.

“De todas as formas, temos de confiar nas escolhas que Ulisses vai fazer”, sugere Admilson Fonseca. Para este cidadão, o voto do dia 20 Março foi um voto de confiança e espera que os eleitos trabalhem em prol do progresso de Cabo Verde.

“Queremos que seja um Governo eficiente e bem ordenado politicamente e quanto menor for o número, menor será a coordenação política”, afirmou Ulisses Correia e Silva aquando da sua indigitação.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.