Quem tramou Janira Hopffer Almada?

7/04/2016 00:11 - Modificado em 7/04/2016 00:11

JaniraHopfferAlmada

Quem tramou  Roger Rabit há muito que se sabe. Pelo menos, quem viu esse filme, sabe. Mas saber quem tramou Janira Hopffer Almada vai levar tempo. Mormente numa altura em que todos sacodem o capote. Mas, tarde ou cedo, vai-se saber que a derrota de JHA não se esgota na “boa comunicação” do MpD durante a campanha e no desgaste do Governo devido a 15 anos de governação, como defende José Maria Neves.

A Presidente do PAICV ainda não tornou pública a sua análise sobre os motivos da derrota. Mas, fontes próximas de Janira alinham na “teoria da conspiração” e sustentam que alguém tramou JHA. O seu tio, o poeta José Luís Hopffer Almada, no programa “Debate Africano” da RDP defendeu que a líder não conseguiu impor a sua autoridade no seio do PAICV porque o Primeiro-ministro não quis fazer a remodelação governamental. “A decisão de José Maria Neves em não remodelar o Governo fez com que JHA não atingisse um nível mais elevado de poder na esfera do Executivo”. E conclui dizendo que, “por outro lado, ela não saiu do Governo para se ocupar do partido. Portanto, houve resistência visível do Primeiro-ministro. Por conseguinte, a estratégia de José Maria Neves, do PAICV e das várias facções tiveram efeitos negativos e tramaram Janira Hopffer Almada”. Também considera como factor negativo, o facto da sobrinha ter-se preocupado mais com a defesa do legado de JMN em vez de se ter concentrado na renovação do partido.

Disse também que “o último ano em Cabo Verde foi um ano muito mau para o Governo. Despoletaram as discussões sobre o escândalo de gestão do Fundo do Ambiente, houve o naufrágio do navio Vicente, houve a erupção do vulcão do Fogo que podia ter sido uma oportunidade para fazer assistencialismo e até fazer política eleitoralista, mas não se fez e, por último, houve aquilo que escandalizou todos os cabo-verdianos, o arresto do avião da TACV, em plena campanha eleitoral”, remata José Luís Hopffer Almada, para quem a bandeira de “boa governação do PAICV caiu por terra com esses casos”.

  1. Militante Irrequieto

    OPINIÃO
    Em São Vicente há uma certeza, ela foi tramada pela própria arrogância, e pela sua teimosia, ora se repararmos as pessoas que estiveram na sua “entourage” exemplos como: Manuel Inocêncio, João do Carmo, Nilton Medina, Vanda St Aubyn, Ana Paula Rodrigues “Polibel”, Adilson Jesus “Didi”, Janaína Almeida, entre outros que só estavam interessados em manterem-se no bem bom que o partido lhes proporcionavam. A teimosia da Janira H. Almada em ir na conversa do MI e JC, que se acham ser os mais pensadores e decisores do partido no Mindelo, em fazerem cair ou passar por cima das decisões da direção regional do partido “CPR” liderado pelo Alcides Graça que até fez um trabalho meritório, organizando e fazendo funcionar o partido, e sem falar do seu desempenho enquanto deputado municipal, só poderia dar em fracasso.
    Evidentemente que estes não têm a humildade suficiente para assumirem as responsabilidades e com certeza que irão ainda fazer mossas ao partido, pois se levarmos em devida conta que ainda nos restam mais dois embates eleitorais, e sendo que a sede destes pelos lugares cimeiros nas listas é maior que os interesses do partido, só podemos vislumbrar mais deceções em termos de objetivos eleitorais.
    Na minha modesta opinião enquanto simples militante de base, é que se a Janira quiser inverter esta tendência e almejar melhores resultados nas próximas eleições deverá libertar-se imediatamente desses pesos mortos, pois está mais do que provado que nenhuma mais-valia eles trazem ao partido.
    Esperemos, e acho que ainda vamos a tempo de fazer as devidas correções, se não quisermos repetir a dose, ou pior darmos ao MPD a possibilidade de fazer história na mítica cidade do Mindelo.
    Cumprimentos,
    Um Militante, irrequieto!

  2. Carlos Neves

    JHA e o PAICV perderiam sempre, mas podiam ter melhor resultado. A pior coisa que JHA fez foi fazer campnaha com base na «agenda de transformação» de JMN que se mostrou ser um bluff e uma agenda de desemprego, insegurança e juventude sem norte,
    Outro elemento da derrota foi o confronto com o PR JCF que, em todas as sondagens, estava e está no cume da popularidade de Cabo Verde. Cada ataque ao PR era um tiro no pé.

  3. Eduardo Olievira

    A Janira se tramou sozinha ao aceitar o encargo de lider de um partido completamente oxidado pelo tempo e pelo programa. Aceitou o lugar por desejo de se enaglonar e não levou em conta que era uma casca de banana ou um “cadeau empoisoné”.
    Agora tem de recomeçar a zero

  4. arrogancia

    Seu mal trabalho ,8 anos no ciclo com a tuttela do Emprego e Juventude sem desempenho e da cartola a parece 15-25 000 postos de trabalho!!!! . Logo ela entrou pela janela pq a porta estava rachada desde o dia q inocencio decideu passar pelo cu o percurso do ARL ,Logo ela não tive capacidade para articular as facçoes . no dia de eleiçaõ como Presidente do PAICV em seu euforia não cumprimento a Filisberto ,. JHA CADE ARL ???Ahh na SV inocencio e’ rejeitadu e $$ não faz milagre..As teoria da conspiração e’ por falta de AUTOCRITICA .

  5. Francisco andrade

    penso que Janira Almada tramou a si mesma. Falou em alto e bom som” que ia dar a S. Vicente a devida atenção” .Mas o povo mindelense sabe e muito bem que S V foi esquecida e abandonada pelo governo. Dr Ulisses focou a sua campanha na Regionalização.Agora os caboverdianos estão esperançosos nas propostas ou compromissos assumidos pelo lider do MPD. É esperar porque tem muito trabalho para frente.

  6. banana

    Para converceres dum vez ..bota inocencio pa’ candidato da CMSV e Presidencial 2016 .ele como Vice-Presidente tem q prencher a vaga vazia ..Aposto que ele não tem coragems passar o escrutinio POPULAR !!! Vai ficar na brasa ate ficar cinça !!!

  7. anónimo

    não sr. o que tramou a referida sr.ª foi o facto dela ter dito ao jovens para “fazê bafa k pastel, e cura ressaca k canja.” foi ela achar que os caboverdianos, nomeadamente os jovens, são burros e ignorantes para não entenderem o significado dessas palavras, o que á tramou foi pensar que os caboverdianos CONTINUAM , chegos, surdos e mudos, para deixá-los fazer o que bem entenderem lá em cima e nós aqui em baixo sofrendo sem uma canja ou um pastel para comer,,,, foi essa sua falta de dignidade para com os seus eleitores que a fez e fará perder de novo. caso ela continue com essa mentalidade.

  8. CidadaoCV

    Pois é … Quem tramou JHA? Ela com certeza saberá. Mas eu enumeraria os seguintes casos: 1- Divisões internas no PAICV. 2 – Caso erupção vulcânica e desalojados na ilha do Fogo. 3- Caso navio Vicente e navio Roterdão; pesou muito na pesada derrota em São Vicente. 4- Caso “canjas e pasteis”; caiu muito mal esta “sugestão” da então ministra JHA no seio da juventude. 5- Caso TACV e o arresto do Boeing; foi a gota que fez transbordar o copo.

  9. Militante Fca Kete

    Militantes há muitos: uns irrequietos, outros nem por isso, e ainda alguns riolentos, só para citar alguns! Quando se junta, na mesma panelinha, militantes irrequietos e riolentos, não há partido que sobreviva. Uma das principais razões da derrota do PAICV em S. Vicente, não é a organização ou falta de organização do partido, nem tão pouco a direcção de campanha ou quem a ela se juntou… mas uma cisa é certa: Tcheps irrequieto, Ucla da pinguinha, Madame das riolas, a mal amada de madeiralzinho entre outros, tudo fizeram para minar o partido! Riolas sem fim, contrainformações, um mar de tramas só para provar que a direcção de campanha nada valia. Agora vamos ver quem se mantém no bem bom

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.