PAICV-SV: Desgaste de governação e gestão do processo eleitoral na base da derrota

5/04/2016 09:00 - Modificado em 5/04/2016 09:00

paicv3A Comissão Política Regional do PAICV em São Vicente reuniu-se no último fim-de-semana e debruçou-se sobre os resultados das últimas eleições legislativas, onde o PAICV foi o partido menos votado, tendo conseguido eleger apenas três deputados ao invés dos anteriores cinco.

“O PAICV perdeu as eleições legislativas essencialmente pelo desgaste de governação, principalmente nos últimos dois anos, o que determinou uma vontade inequívoca de mudança manifestada de forma expressiva nas urnas”, afirma o Coordenador do PAICV em São Vicente, Alcides Graça.

Sublinha que os quinze anos de governação do PAICV foram positivos para o País, acrescenta que foram tomadas algumas medidas ou a falta delas acabou por prejudicar os resultados do PAICV. “A título de exemplo, o Centro Internacional de Negócios que nunca arrancou, o porto de águas profundas que não arrancou, a Escola Superior do Mar que ainda está numa gaveta, o Campus Universitário que foi desviado de São Vicente e algumas medidas impopulares que era necessário tomar. Nas medidas impopulares, sem querer entrar em detalhes o  destaque vai para as medidas fiscais do Governo.

Ainda sobre os motivos que podem ter ditado a derrota do PAICV reconhece que “a gestão política não foi bem concebida”. Para Graça, foram cometidos erros que, evitados, poderiam ter conduzido o partido a um resultado diferente. “Estas questões serão objecto de análise no Conselho Nacional desta semana”.

Durante as eleições a união do partido foi posta em causa. Alcides responde que durante as eleições o PAICV esteve com a união possível. “Evidentemente que não foi o desejado, mas foi o possível. E não temos outra alternativa nas autárquicas pois toda a máquina do partido deverá estar unida para sairmos vencedores nas autárquicas. Não uma união “para inglês ver, mas sim uma união efectiva em torno dos verdadeiros interesses do PAICV”. Isto sobre pena, segundo Alcides, de colocar o PAICV numa situação difícil nos próximos anos.

Durante o balanço das eleições, o Presidente do PAICV em São Vicente reconhece “o bom trabalho” da CNE e da CRE, “pesem algumas falhas consideradas normais, mas que não prejudicaram o processo na sua globalidade”.

Alcides Graça felicita o MpD pela vitória e augura um bom mandato a bem de Cabo Verde.

  1. Avelino R. Pina

    Não apenas isso. O povo fez avaliação de várias outras situações (deveras intoleráveis) que não convém aqui detalhar.

  2. Hermes Candidato

    Latoso! É preciso ter cara forrada de bidon para vir a público com esta conversinha de “traisssss” depois do que ele aprontou, juntamente com a riolenta da Filomena e comandita. Minaram de todas as formas o partido em S. Vicente, não se envolveram na campanha e agora vem acusar o Governo? Liderado por aquele que lhe deu de bandeja a presidência da CPRSV?! Há mais campanhas politicas do que dirigentes dispostos a fazer frete… relaxa TCHEP’S que o que é teu está esquetando.

  3. Si orgon nasional konpitenti tomaba desizon ma 1º i uniku Campus Universitariu debe fika la undi ten serka di 15% di populason na nves di la undi ten serka di 55% di populason, derota di PAICV al serba pior…

  4. ARROGANCIA

    No Jornal da Noite na entrevista Graça disse q a perdida deviou-se a ARROGANCIA , Assim com todas as letras PERIDA na SV x —-” ARROGANCIA” ,. Tambem foi dito nos comentarios no dia 20 de Março que a “escolha” de inocencio como cabeça de lista foi ERRO . Esso NAÔ E? NOVIDADE . Isse gajo e’ OPORTUNISTA q FRATURO o PAICV ao passar acima do PERDURSO POLITICO de ARL . .Agora ele tem via livre para candidatarse a Presidencia da CMSV e da Republica , estamos esperando q asuma o dever enquanto a vaga esta vazia !!!E’ HONRRA ser ELEJIDO em PESSOA SINGULAR e bom para reafirmar a CONFIANÇA PERDIDA . Tenha CORAGEMS Inocencio

  5. Fernando Fortes

    O Marciano que em casa só fala português com os seus, é estranho que aparece em publico, a defender o seu crioulo.
    É estranho, mas é verdade,ele só fala com os filhos em português.

  6. Hermes Candidato

    Latoso! É preciso ter cara forrada de bidon para vir a público com esta conversinha de “traisssss” depois do que ele aprontou, juntamente com a riolenta da Filomena e comandita. Minaram de todas as formas o partido em S. Vicente, não se envolveram na campanha e agora vem acusar o Governo? Liderado por aquele que lhe deu de bandeja a presidência da CPRSV?! Há mais campanhas politicas que dirigentes dispostos a fazer frete… relaxa TCHEP’S que o teu está esquetando.

  7. arrogncia

    PAICV PERDEU em SV por inocencio !!! O mesmo gajo que FRATURO PAICV , nas Presidencias 2011 Onde seja escrutinado em singular vai ser sempre DERROTADO !! Agora vem as autarquicas e Presidencias Vai … seja Candidato inocencio e vai ver a DERROTA NOVAMENTE, Acabou-se o sonho de Presidente da AN !!! Mais pode ir a s Presidencias de Sv e CV : !!!

  8. Francisco andrade

    quem está a passar por Hermes ” deputado nacional,e ex deputado da CMSV pelo PAICV. Essa pessoa que escreveu Hermes candidato,não é o Hermes referido com certeza.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.