UCID acusa MpD de comportamento antidemocrático

1/04/2016 08:22 - Modificado em 1/04/2016 08:22

joao luisNa última semana, o coordenador do MpD em São Vicente, João Gomes, afirmou que São Vicente tem nas próximas eleições autárquicas, “uma grande oportunidade para experimentar o Governo e uma Câmara Municipal da mesma cor política”. Num comentário feito pelo Presidente da UCID em São Vicente, João Luís, esta afirmação de Gomes é contraditória e sustenta que num período diferente, o MpD defendeu uma posição totalmente ao contrário, mas com a vitória nas últimas legislativas já mudou de posição.

“A direcção da UCID em São Vicente considera que o coordenador do MpD em São Vicente entra em contradição consigo mesmo. Devo recordar-lhe que ele mesmo terá dito há uns anos atrás que não pode haver uma Câmara da mesma cor política do Governo central”.

Neste sentido, diz que a atitude do coordenador do MpD depois do seu partido ter ganho as eleições é contraditória. Quando era um outro partido não podia, mas quando se trata do partido do coordenador, “já pode”.

As críticas ao MpD não ficam somente pela afirmação do coordenador sobre um governo central e local com a mesma cor política. Critica também as declarações do MpD segundo o qual, as eleições correram de forma normal.

“Ao ouvir as declarações do partido ventoinha em São Vicente ficámos estupefactos, quando dizem que as eleições correram de forma normal. Do nosso ponto de vista, o MpD quis, de forma deliberada, esconder muitas atitudes e comportamentos antidemocráticos que também ele próprio praticou antes do dia das eleições e no próprio dia”, declara João Luís.

Passadas as eleições, as atenções do partido voltam-se para as autárquicas. João Luís adianta que o partido ainda está à procura do candidato para as autárquicas e estão a traçar a estratégia e os candidatos e assim criar uma solução para a CMSV.

  1. António Jorge Barbos

    Sr. Politico:

    Só quem não tem opinião, não a muda!
    O João Gomes, homem de opinião própria e formada, analisou o ambiente politico eleitoral, mudou de opinião…nada mais normal.
    Sr. José Luís fique na e com a sua…

    AJB

  2. Silvério Marques

    Os actos ilegais devem ser apresentados nas instâncias próprias com toda a documentação para serem apreciados. Falar assim é stress de quem não atingiu os objectivos e agora culpa outrém do fracasso.

  3. São vicente

    Ainda não viram nada . O pior ta por vir, mas o povo de Cabo Verde merece isso e muitos mais.

  4. que novidade

    O mpd é um movimento de contradições: se antes prometeu a regionalização, agora vêm dizer que esta afinal não depende so dele mas sim dos outros partidos. taxas, toda gente sabe que o mpd foi sempre contra as taxas mas alguém acredite que vão eliminar os 9$ da taxa de combustível? Os 30$ da taxa portuária? Da taxa da iluminação pública?taxa da etc.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.