JMN: “não é altura para falar nas presidenciais, mas sim preparar-se para as autárquicas”

23/03/2016 08:22 - Modificado em 23/03/2016 08:22

jmnJosé Maria Neves, ex-Presidente do PAICV e Primeiro-ministro de Cabo Verde, não desmistifica se será candidato para as presidenciais, visto que não considera ser o momento oportuno. Mas sim uma fase para uma avaliação no partido, após os resultados das eleições legislativas de Domingo.

Com a derrota do PAICV nas eleições legislativas, José Maria Neves relembra que o partido é forte e com grande contributo para Cabo Verde. O ex-Presidente do PAICV frisa em entrevista à RCV que este momento é para avaliação e não para falar nas presidenciais. O ex-Primeiro-ministro  justifica que “as eleições deverão ser em Setembro ou Outubro e que até lá quem quiser candidatar-se fá-lo-á na devida altura”.

José Maria Neves acredita que o PAICV, para além da reflexão após as legislativas, deve preparar-se para novos desafios que são as autárquicas. Desta forma, JMN acredita que “o PAICV virá obter melhores resultados, até para que haja equilíbrio no exercício do poder. Temos tido sempre opções inteligentes do povo cabo-verdiano que tem optado pela estabilidade e equilíbrio no poder”.

  1. NAIS

    milhor descansar em paz nu ca presisa de nho mas

  2. Antonio Delgado Mora

    A bo JMN bu ca ta vingà mas pessoas ki ta pensà diferente di bo Partido!!! Tchau.. bai bai!!!

  3. Antonio Delgado Mora

    A bo JMN bu ca ta vingà mas pessoas ki ta pensà diferente di bo Partido!!! Tchau.. bai bai!!!

  4. ATENTO

    NÃO É ALTURA PARA SE FALAR DAS PRESIDENCIAIS PORQUE AS LEGISLATIVAS RESULTARAM MAL PARA O PAICV. José Maria Neves aguardava os resultados de Domingo passado para pronunciar sobre a sua candidatura. E agora???

  5. Saniclas

    bsot leba um costada ki ainda bsot ka ta nem pode poi de pé… povo é ta manda… quem ri por ultimo ri melhor

  6. Atento

    Não há problema…… terás uma nova derrota certa….. quer nas autárquicas… e se ainda fores teimoso em ir as presidenciais…terás uma nova derrota.

    CABO VERDE é nosso e não de uma bando de parasitas….

  7. Andrea Fortes

    Não é preciso ser analista político pois qualquer pessoa com um mínimo de inteligência e curiosidade política, pode concluir que JMN, graças a Janira ficou totalmente destruído como possível candidato à presidência da República. Aliás para ele uma missão impossível competir com um dinossauro político com a estatura de Carlos Fonseca que decerto não deixara de se candidatar quanto mais neste momento propício para tal.
    Também para as autárquicas, principalmente as pessoas indecisas, não gostam de votar nos vencidos e como é lógico neste caso tal tentativa e com o gosto amargo e fresco da derrota, concorrer é apenas uma questão de formalidade e demonstração de fidelidade para com os seus eleitores.
    Por agora resta apenas suportar esta travessia no deserto que faz parte da alternância numa verdadeira democracia.

  8. Julio Goto

    …de momento temos um Presidente de todos os caboverdeanos.Se ele continuar a trabalhar da mesma forma o Zemas sera derrotado.
    Outra coisa!
    Ja ta bom de no tras PAIA de majedoura senao es ta qme e qme nos tudo.

  9. Li na S.Vicente até Ucid já passá bsot, e nas Autárquicas vai ser mais pior ainda.

  10. Fernando Fortes

    Tu traíste a confiança que o povo de S.Vicente depositou em si e como paga nunca serás presidente da republica,nunca mesmo.
    Vais pagar como Veiga pagou.

  11. bom senso

    Mas é falta de “bom senso” não reconhecer as grandes infraestruturas que este homem deu ao país, para além de milhares de empregos criados nestes três mandatos, entre outros que, por causa da sua quantidade, não cabe aqui destacar. Agora o Neves é para matar. Vejam como certos cabo-verdianos são ingratos. um bando de malfeitores.

    Pois é, o desenvolvimento é um processo. Cada qual a quem o povo dá a oportunidade de estar no comando coloca a sua pedra e vai. Ninguém se pode gabar de ser o arauto da verdade, “o sabe tudo” ou o único salvador da Pátria.
    Ficam as perguntas: O desemprego vai acabar em C. Verde ? Todos os jovens conseguirão empregar-se?; a insegurança nos bairros vai finalmente acabar ? ,etc: O “bom senso” manda reconhecer e acreditar que haverão melhorias, até porque o povo disso espera. Senão, os que agora apresentam-se como detratores de Neves, serão, pela certa, os primeiros a apontar o dedo acusatório ao ” novel salvador da pátria” .
    E o futuro dirá.
    “Tenho dito”

  12. Pelo bom senso

    Mas é falta de “bom senso” não reconhecer as grandes infraestruturas que este homem deu ao país, para além de milhares de empregos criados nestes três mandatos, entre outros que, por causa da sua quantidade, não cabe aqui destacar. Agora o Neves é para matar. Vejam como certos cabo-verdianos são ingratos. um bando de malfeitores.

    Pois é, o desenvolvimento é um processo. Cada qual a quem o povo dá a oportunidade de estar no comando coloca a sua pedra e vai. Ninguém se pode gabar de ser o arauto da verdade, “o sabe tudo” ou o único salvador da Pátria.
    Ficam as perguntas: O desemprego vai acabar em C. Verde ? Todos os jovens conseguirão empregar-se?; a insegurança nos bairros vai finalmente acabar ? ,etc: O “bom senso” manda reconhecer e acreditar que haverão melhorias, até porque o povo disso espera. Senão, os que agora apresentam-se como detratores de Neves, serão, pela certa, os primeiros a apontar o dedo acusatório ao ” novel salvador da pátria” .
    E o futuro dirá.
    “Tenho dito”

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.