A campanha nas redes sociais

17/03/2016 08:40 - Modificado em 17/03/2016 08:40

redes-sociais

Os partidos UCID, PAICV e MpD dispõem de páginas no facebook que são actualizadas com as missões dos partidos durante a campanha eleitoral. Partidos que recorrem às fotografias dos comícios, dos candidatos, dos depoimentos dos apoiantes e também das plataformas que foram disponibilizadas nas redes sociais.

A União Cabo-verdiana Independente e Democrática (UCID) assegura que “o partido tem vindo a utilizar novas tecnologias de informação para fazer passar a sua mensagem junto do eleitorado” e João Luís, cabeça de lista em São Vicente, acrescenta que o recurso a novos meios para fazer campanha tem funcionado tranquilamente. O mesmo afirma que a reacção dos eleitores e internautas é positiva e adianta que o seu partido é reconhecido para além dos “comícios virtuais”. O lema da UCID, “agora é a nossa vez para fazermos melhor” é capa da sua página onde ainda frisa as diferenças entre os partidos e pede ao internauta que “conheça as 100 diferenças que separam a UCID dos demais partidos políticos”, que é como quem diz 100 razões para votar na UCID e não no PAICV ou no MpD!

O Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV), por sua vez, rege-se no mundo das novas tecnologias com a expressão “Cabo Verde Sempre” e ainda apelida-se como o “partido da confiança, com um percurso comprovado de trabalho, honestidade e competência”. O gabinete de comunicação e imagem afirma que “o PAICV é um partido que está sempre um passo à frente neste domínio, acompanhando sempre a modernidade. Por isso, desenvolveu um aplicativo para telemóveis que permite aos cidadãos de acompanharem todo o processo eleitoral como, por exemplo, as notícias, os debates, os comícios, as actividades, os tempos de antena do PAICV, bem como as propostas do partido para esses Novos Horizontes”. Acrescenta ainda que o feedback da sociedade é bastante positivo, encorajador e que nas redes sociais tem recebido contribuições extraordinárias com uma forte participação, interacção e o PAICV assegura que “a nossa APP, lançada há praticamente dois meses já conta com mais de oito mil (8000) utilizadores, tanto no País, como na diáspora”.

Por fim, o Movimento para a Democracia (MpD) até ao fecho da edição não enviou as respostas solicitadas pelo jornal, porém, constata-se que o MpD também usufruiu das redes sociais para comunicar com o eleitorado e na capa da página no facebook lê-se: “dia 20 de Março, vota no MpD”. Também se regista uma dinamização da página e questiona-se “quantos dias faltam para a ‪mudança‬? Agora é Ulisses‬, ‪‎Cabo Verde tem solução. ‬‎Ulisses2016‬, ‎nha partido é Cabo Verde‬, ‎vota MpD”.

  1. Joana Inês Sá

    Alerte máxima! Atenção! Atenção! Sábado dia 19 é dia de grande compra de votos! estejam atentos aos compradores de consciências!. Levem máquinas e câmaras para os apanhar em flagrante delito.
    A CNE que esteja muito atenta.

    Este pedido é para todos!

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.