Manuel Inocêncio: “Não acredito que os cabo-verdianos vão colocar o País numa situação com um governo de minoria”

16/03/2016 07:38 - Modificado em 16/03/2016 07:38

DCIM100MEDIA

O PAICV concentrou as suas actividades, esta terça-feira, na zona da Bela Vista. Uma zona com alguma tradição para o partido. Manuel Inocêncio Sousa, cabeça de lista e João do Carmo, lideraram a caravana do PAICV neste encontro com a população da Bela Vista. Seguidos por jovens que distribuíam folhetos e autocolantes, os líderes do PAICV nestas eleições iam pedindo a confiança do eleitorado na plataforma política do PAICV para o próximo dia 20 de Março. Oportunidade para falar dos programas mas também para ouvir as preocupações das pessoas.

A confiança do partido na vitória nas eleições está em alta. Esta confiança baseia-se nos projectos que o PAICV tem apresentado ao eleitorado e na adesão das pessoas às acções de campanha.

O líder da lista do PAICV para São Vicente tem batido na tecla sobre a maioria absoluta. Esta é a certeza que diz estar a receber das pessoas e da adesão que as acções de campanha têm tido. “Acredito que a vitória nestas eleições será com maioria absoluta. Os cabo-verdianos, em todas as eleições, têm demonstrado sabedoria considerável”.

Este é o desfecho das eleições segundo a análise de Manuel Inocêncio. “Não acredito que os cabo-verdianos vão colocar o próprio País numa situação com um governo de minoria para criar instabilidade. Têm consciência e maturidade para escolherem um partido com maioria para terem estabilidade para se realizar o programa”.

O partido tem falado sobre as bases que já foram lançadas para o desenvolvimento de Cabo Verde e numa continuidade do partido no governo para fazer valer os investimentos feitos. E perspectiva uma nova fase em que as infra-estruturas realizadas vão servir para reduzir o desemprego e a pobreza no País.

A economia marítima é um dos sectores chave, segundo o PAICV, assim como o turismo e a indústria transformadora. Inocêncio volta a atenção para o turismo, potencial que a ilha tem para desenvolver este sector. “É com determinação que vamos promover a ilha como destino de investimento turístico, para conseguirmos trazer um grande investidor para colocar uma infra-estrutura de médio ou grande porte”. Para Inocêncio, quando a ilha conseguir atrair este investidor com um hotel acima dos 300 quartos, o turismo vai arrancar de vez na ilha.

Defende que as infra-estruturas para o desenvolvimento de São Vicente já estão realizadas e agora é esperar o dia das eleições para, se sair vencedor, continuar a trabalhar.

  1. started

    Cenas do proximo episodio …

  2. Firmino Lima

    15 anos é demais.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.