HBS: Paciente faleceu no bloco operatório durante a realização de uma histerectomia

19/03/2016 18:30 - Modificado em 20/03/2016 00:53

hospital_baptista_sousa_maiorUma paciente faleceu no bloco operatório do Hospital Baptista de Sousa devido a uma paragem cardíaca. A mesma estava a ser submetida a uma cirurgia de histerectomia.

No dia 11 de Março foi realizada uma histerectomia, operação que consiste na retirada do útero, porém, a paciente faleceu no bloco operatório devido a várias paragens cardíacas. O NN sabe que durante o término da cirurgia a paciente terá sofrido várias paragens cardíacas que vieram a provocar o seu falecimento. O funeral foi realizado no sábado, dia 12 de Março às 16h00.

O NN contactou a Direcção do HBS que, até ao fecho desta edição, não proferiu nenhum esclarecimento sobre o assunto. Porém, vários são os casos que aguardam um esclarecimento por parte da instituição de saúde no Mindelo, visto que o HBS tem optado pela política do silêncio.

É o caso do suicídio realizado na ala psiquiátrica no mês de Novembro de 2015 que até agora ainda não foi esclarecido. Também há uma queixa à direcção do HBS do dia 22 de Dezembro de 2015, onde se denunciava a falta de cuidados de uma enfermeira no serviço da Maternidade que ainda aguarda por uma resposta.

  1. Fernando

    Está na hora de alguém ser responsabilizado. Andam a matar pessoas no HBS, e sempre sempre é devido a negligência. Há uma forte cooperação dentro dessa instituição.

  2. HUMBERTO ILISIO

    Pelas informações de inumeras pessoas que bem conhecem a pessoa em causa e as circunstancias que rodearam a decisão de realização dessa operação e a prorpia operação em si, este caso tem que ser investigado até ao fim. Porque nao se procedeu à autopsia? YTratava-se de um caso grave? Que tipo de anestesia lhe foi ministrada? Que perfil de equipa se encontrava envolvida na cirurgia? Porque se demorou tanto tempo a informar à familia do ocorrido? A que horas terminou a cirurgia? Com que quadro clinico a paciente deu entrada no bloco operatorio? INVESTIGUEM, INVESTIGUEM. Sentimentos á familia enlutada.

  3. Roxana

    Todo o mundo va de este mundo por paragem cardiaca , esto e’concecuencia . Minhas condolencia a flia enlutada. Sem autopcia jamais se conhecera a causa.

  4. Eva Amante da Rosa

    Como familiar da vitima, aguardo pelo apuramento dos factos. Uma investigação célere e imparcial é o que se espera neste momento, de uma instituição que deve zelar pela saúde e vida das pessoas. Que a verdade traga paz de espírito a todos.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.