PAICV: “Não se aventurem noutras candidaturas”

9/03/2016 07:46 - Modificado em 9/03/2016 07:46
| Comentários fechados em PAICV: “Não se aventurem noutras candidaturas”

alcides graçaPrestes a fechar uma semana de campanha eleitoral, o sentimento do PAICV expresso pelo candidato e coordenador do partido em São Vicente, Alcides Graça, é de que o partido está numa onda crescente, com o apoio a aumentar a cada dia que passa, o que “garante um volume significativo de pessoas e que dá garantia de vitória”.

O desemprego e a juventude têm sido o centro da preocupação do partido. O “PAICV está a afirmar que a nossa plataforma, que a nossa preocupação e prioridade, é criar postos de trabalho. As infra-estruturas já estão feitas e tudo já está criado para a criação destes postos”.

Nesta terça-feira, as actividades do partido estão centradas na zona de Vila Nova/Lombo Tanque. E as mesmas preocupações, desemprego e juventude, foram os problemas expostos pelas pessoas à comitiva do PAICV. Problema ao qual o PAICV propõe como solução a criação de cerca de quinze mil a vinte e cinco mil postos de trabalho por ano.

Ainda na senda de propostas para a ilha, sublinha o hiper cluster do mar. “Sabemos que o PAICV tem uma visão de desenvolvimento de Cabo Verde para aproveitar a potencialidade de cada ilha. O PAICV tem em implementação o hiper cluster do mar que já está a juntar as peças do puzzle. Já temos infra-estruturas para que nesta próxima legislatura possamos tirar proveito delas”.

A mensagem do coordenador do PAICV em São Vicente, principalmente para os jovens, é para não se aventurarem noutras propostas. “Dizer aos jovens para não se aventurarem. O PAICV é um partido que tem um compromisso com Cabo Verde muito grande”. Alcides fala dos ganhos e das propostas do PAICV e da continuidade do trabalho que o partido quer fazer, no caso de ser eleito no próximo dia 20 de Março. Este trabalho é a base para o pedido de confiança no partido.

O receio de Graça é que o discurso da oposição possa levar à abstenção. “Apelo ao voto para que as pessoas não fiquem em casa. O nosso adversário político tem feito um discurso que pode levar à abstenção. E quero dizer aos jovens que o futuro está nas suas mãos e que devem ir votar no dia 20 de Março para escolherem a confiança e a certeza e não acreditarem nas promessas vãs e que não se podem cumprir.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.