Perfil/ João Gomes: entre a política e a advocacia

2/03/2016 08:42 - Modificado em 2/03/2016 08:42

joao-gomesCaracteriza-se como um defensor de São Vicente, critico das políticas do governo para São Vicente, João Gomes é  candidato a Deputado Nacional por São Vicente, pelo Movimento para a Democracia, MpD

Presidente da comissão política concelhia do MpD, em São Vicente desde de 2013, depois de vencer nas directas, o seu rival Humberto Lélis por 65 votos de vantagem.

Licenciado em direito, magistrado do Ministério Público e advogado desde 1992, João Gomes, é natural São Tomé e Príncipe, onde nasceu a 03 de Setembro de 1959 (55anos).

Empresário, tendo desempenhado as funções de último Delegado do Governo em São Nicolau, foi Presidente da Assembleia Municipal de São Nicolau, e de 2008 e 2012 foi também presidente da Assembleia Municipal de São Vicente.

O trabalho desenvolvido à frente do partido na ilha do Monte Cara deu-lhe visibilidade para se tornar o cabeça de lista em São Vicente, para as eleições legislativas de 20 Março 2016. Há muito, que o presidente da concelhia do MPD vinha sendo apontado como cabeça-de-lista para esse círculo eleitoral, pelo que a sua escolha não foi nenhuma surpresa.

Actualmente ocupa o lugar de Presidente do Conselho Jurisdição do MpD e têm-se mostrado um defensor da Câmara Municipal de São Vicente, cujo partido está na frente da autarquia local.

O coordenador da comissão concelhia do partido diz estar satisfeito com a actuação do executivo camarário.

“Como é que uma Câmara Municipal pode aspirar a fazer algo mais quando, na verdade, não tem meios. E não tem meios porque quem tem meios e que podia disponibilizar não disponibiliza”, diz. João Gomes refere-se mais concretamente a gestão do Fundo do Ambiente (Expresso das Ilhas).

Apoiante da descentralização de poderes, defende a regionalização como uma necessidade e apoia a dinamização do sector turístico como prioridades para a ilha.

  1. Francisco andrade

    Grande Home.merece representar SV.

  2. ricardo maniche

    se fosses defensor de sao vicente nao estarias no mpd,paicv ou ucid,pois aquele que e partidario,nao tera inteligencia ou amor ao proximo.ou a ilha natal,se queres mesmo ajudar nossa ilha entao teras que enfrentar os governos corruptos,basta de ser escravizado pela capital do pais,va em fernte,toma coragem e ajuda nos a sair dessa prisao,facas como o nosso deputado do paicv, o chasesaudacoes fraternas la da praca nova.nao sou contra ti,mas sou contra aqueles que apoiam a praia…saudacoes fraternas

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.