João Luís: “Já estamos cansados das maiorias absolutas dos dois partidos”

26/02/2016 08:15 - Modificado em 26/02/2016 08:15

joao luisNo âmbito das visitas da UCID ao círculo eleitoral do Mindelo, João Luís, candidato a deputado, afirmou que é necessário que haja equilíbrio de poder a partir de 20 de Março, pois, “estamos cansados das maiorias absolutas dos dois partidos”.

A União Cabo-verdiana, Independente e Democrática, UCID, encontra-se de visita ao círculo eleitoral de São Vicente  desde o dia 22 de Fevereiro. Os objectivos passam por levar a mensagem aos eleitores no sentido de mostrar a sua visão para o país caso venha vencer as legislativas.

Assim como todos os outros partidos, um dos objectivos da UCID é ganhar as eleições legislativas de 2016. Na sequência das visitas, o candidato a deputado João Luís afirma: “estamos cansados das maiorias absolutas dos dois partidos”. O mesmo acredita que é necessário que haja equilíbrio de poder a partir do dia 20 de Março.

No entender de João Luís, existem situações que deverão ser corrigidas. No que toca à política económica, o candidato diz que se encontra estagnada. A segurança, o emprego, a desigualdade social, são também aspectos que têm vindo a preocupar o partido.

O mesmo garante que a grande aposta da UCID é a economia, a cidadania e o combate às desigualdades sociais. Vencendo as eleições legislativas, o partido garante “equacionar brevemente os problemas da população para que a mesma possa viver condignamente”.

  1. CidadaoCV

    Já estão “cansados” …. ? Agora diga-me uma coisa, sr. João: – O que é que a UCID faria se, repito se, … de repente tivesse uma maioria absoluta? Teria condições de formar uma equipa governativa? Com certeza que não! O mais provável seria a UCID abdicar-se, por incompetência. O Mesmo acontece em Portugal e em qualquer outro país, onde há Democracia multipartidária. Há sempre dois ou três partidos capazes de governar, os outros não têm capacidade de formar governo. Primeiro pela sua estrutura, segundo pela sua ideologia. Ex: – Que governo formaria o PURP, o PAN, o MPT em Portugal? … E agora analisa a nossa dimensão e pense melhor antes de falar …

  2. BADOXA

    oh fosforo Zé Luis a UCID não tem programa não tem nada para governar Cabo Verde e deixa de tretas.Tu e outro já deviam estar na reforma, porque não sabem fazer outra coisa. Paciência cala-te que te fica mal. Vais vigiar boca d’urna em Soncente no dia 20 de março que a JHA será eleita PM de Cabo Verde?

  3. ELEITOR

    MAIORIA ABSOLUTA beneficia o sistema político, nomeadamente os membros do Governo, os deputados, os militantes, amigos e familiares dos políticos, mas não dignifica a população em geral. Pelo contrário, é uma “desgraça” para a população. Os cabo-verdianos pagam impostos muito elevado – este é uma das mais consequências das maiorias absolutas.

  4. Manuel Joaquim

    O voto é expresso na urna e de forma secreta. Durante a contagem é possível verificar a tendência mas so o apuramento final permitir garante o vencedor da eleição. Falar em equilíbrio de poderes é demasiado utópico porque o equilíbrio de fato so acontece com o trabalho de campo realizado e o votante tem que sentir alguma empatia por quem requer o seu voto. Por conseguinte não há almoços de borla. Trabalho, trabalho, trabalho e rezar para que os Deuses sejam maiores. Utilizar a expressão “estamos cansados das maiorias absolutas dos dois partidos” é mostrar um coeficiente elevado de amadorismo politico. O voto é de quem vota e quem pede votos não pode “resingar”, seja em que situação for. Alias, reconheço que a UCID, tem feito um bom trabalho e que tem vindo a conquistar um terreno que por inerência lhe pertencia. Por culpa própria, tem andado aos trambolhões e em Cabo Verde, isto tem custo elevadíssimos. O camarada Joao Luis, não precisa correr muito por causa das curvas mas, se for devagar e com segurança chegará a horas, são e salvo a bom porto. Va com humildade e determinação e deixe o Povo fazer o resto. A frente dos bois não se pode colocar a charrua porque atrapalha e muito.

  5. Silva

    Caro Jon Liz, quem está cansado das maiorias absolutas, o Povo Ordeiro de Cabo Verde ou a UCID – atrelado do ***? Nós, os mindelenses é que estamos cansados dos vossos demandos na Câmara e na Assembleia Municipal deste Concelho!

  6. Fernando Fortes

    O João Luis politicamente é uma nódoa.~
    Apenas serve para manchar a UCID.
    Esse pequeno partido que poderá ter votos de muitos descontentes,mas que fique claro,não é pelo seu desempenho.
    O Monteiro escape,mas de resto não se tem visto nada.
    Esse João Luis é para esquecer.

  7. GPF

    São esses que respeitam as escolhas do povo, que é soberano?
    A UCID que trata de trabalhar com seriedade e honestidade para ter êxitos.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.