Praia: Homem que matou a filha condenado à pena máxima

23/02/2016 08:01 - Modificado em 23/02/2016 08:01

preso4O Tribunal da Comarca da Praia teve mão pesada na condenação do arguido Mário Fernandes acusado de ter morto à facada a filha Jussara de 15 anos. O arguido que se encontrava em prisão preventiva desde Maio de 2015, foi condenado a uma pena de 25 anos de prisão.

Os factos ficaram provados que a 15 de Maio do ano passado, o arguido Mário Fernandes, pai da vítima Jussara Fernandes, adolescente de 15 anos, assassinou a filha com vários golpes de faca na lixeira municipal na zona do Palmarejo Grande na cidade da Praia. O corpo da adolescente veio a ser encontrado sem vida.

O agressor que era suspeito veio a ser detido pela Polícia que investigava o homicídio.

De acordo com o processo, a vítima vinha sofrendo agressão sexual por parte do tio e do pai e, na altura, aguardava diligências do Tribunal, mas não teve tempo de prestar declarações contra o progenitor e o tio.

Apesar do arguido ter negado a prática do crime, o Tribunal da Praia não mediu as mãos na condenação do mesmo, condenando-o à pena máxima de vinte e cinco anos de prisão.

  1. PB

    Bem dado! e o tio, fica a solta? E mais, há tempos atrás, ouvi rumores de que a pena máxima tinha sido mudado para 35 anos. Afinal não foi aprovado? Acho que pena máxima agora é de 35 anos e não 25. Corrigem-me se estou errado. A familia (da mãe) da jussara, minhas condolência.

  2. AQUISEFAZaquisepaga

    Eu pensei que a pena maxima tinha sido aumentado para 35 anos.Entao voltaram a baixar a pena maxima ou esta não passou?

  3. JOAO

    PENA MÁXIMA??? O jornalista precisa-se informar sobre a pena máxima.

  4. hermes

    Quando o crime foi cometido a pena maxima era de 25 anos, se nao estou em erro agora a pena e de 30 anos

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.