Egipto: Polícia terá torturado estudante italiano com choques no pénis

15/02/2016 08:35 - Modificado em 15/02/2016 08:35
| Comentários fechados em Egipto: Polícia terá torturado estudante italiano com choques no pénis

detencaoCairoChoques elétricos no pénis, sete costelas partidas e uma hemorragia cerebral terão sido provocados pela polícia egípcia ao estudante italiano encontrado morto no Cairo, de acordo com indicações da autópsia e de testemunhas que indicam que Giulio Regeni, de 28 anos, foi detido pela polícia na noite do seu desaparecimento, a 25 de janeiro.

O The New York Times cita agentes policiais que garantem que o jovem foi interpelado pelas autoridades e, segundo o jornal, haverá mesmo vídeos de sistemas de segurança que podem provar a detenção.

Quanto aos dados da autópsia, a informação foi avançada pela agência de notícias Reuters, com origem num responsável da autoridade forense no mesmo dia em que o documento foi enviado à Procuradoria-Geral.

 

abola.pt

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.