MOAVE; não há ruptura do stock de farinha

22/08/2012 01:23 - Modificado em 22/08/2012 01:23
| Comentários fechados em MOAVE; não há ruptura do stock de farinha

Não há, nem existe uma ruptura de stock de farinha de trigo, mas sim uma redução aos distribuidores”. Esta garantia foi dada a RCV pelo director geral da MOAVE, Paulo Lopes da Silva. Como explica foi uma situação alheia a MOAVE, visto que o problema foi verificado na origem da colheita, na França, como também no próprio embargo da mercadoria. Adianta que a matéria-prima que era para ser recebida desde 15 de Julho atrasou-se cerca de um mês, o que “causa sempre constrangimentos”.

 

Com este panorama foram feita algumas restrições de distribuição da farinha porque também “não havia matéria-prima para produção”. Mas, garante que a MOAVE assegura o abastecimento de todas as padarias, e que somente os distribuidores é que não conseguiram constituir os stocks que estavam habituados.

 

“Já iniciamos a recepção desde de sábado passado e desde de ontem iniciamos a produção”, afirma o director da MOAVE evidenciando que o problema já está ultrapassado esperando voltar a normalidade dentro de dias.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.