PAICV-Sal acusa edilidade usar recursos para fins políticos e eleitoralistas

3/02/2016 07:33 - Modificado em 3/02/2016 07:33

paicv salNelson Figueiredo, Director da Campanha do PAICV na ilha do Sal, acusa a Câmara Municipal do Sal de estar a colocar à disposição os recursos e meios do Estado para fins políticos e eleitoralistas. Esta acusa do PAICV prende-se com o facto da edilidade ter cedido o salão dos Paços do Conselho para uso do MpD, durante a visita de Ulisses Correia e Silva para actividades de pré-campanha.

“Repudiamos toda esta iniciativa de ceder o salão da CM do Sal, que sempre foi um espaço destinado exclusivamente a actividades promovidas pela autarquia a favor do Município e não para ser usado para fins políticos, partidários e eleitoralistas”, sublinha Figueiredo.

A insatisfação do PAICV continua quando Nelson Figueiredo afirma que não é a primeira vez que meios da Câmara são usados para propósitos que não são os da edilidade. “Queríamos chamar a atenção também de que não é a primeira vez que isso acontece na ilha do Sal. E lembramos que no ano passado, o MpD realizou a sua assembleia de militantes e foram usadas as cadeiras do salão nobre”.

Para este responsável partidário, essa história fica muito mal ao Presidente do MpD, e afirma que isso demonstra a sua forma como quer governar instrumentalizando os meios públicos.

  1. democracia

    Este Sr. deve estar maluco. Até a Assembleia Nacional é utilizada pelos partidos. O novo Liceu do Tarrafal de São Nicolau vai ter a sua política hoje com o Manuel Inocêncio a apresentar as listas do PAICV para a ilha e vem com esta conversa, só para tentar denegrir a imagem do Ulisses. Assim o PAICV só perde credibilidade e não vai lá. Ponham juízo.

  2. Pasa

    Porque a Camra náo faz o mesmo quando o paicv precisa?A camra é para todos os municpes que pagam os seus impostod.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.