Calhau quer jogar para estar entre os grandes

2/02/2016 08:18 - Modificado em 2/02/2016 08:18
| Comentários fechados em Calhau quer jogar para estar entre os grandes

futebol-bola-rede-getty-images-6001A equipa do Calhau conseguiu, no último fim-de-semana, a sua primeira vitória no Torneio de Abertura frente à equipa do Corinthians por 2-1, com golos do ponta-de-lança, Taba e Vlá de grande penálti. E subiu para o quarto posto do torneio. Neste momento, a equipa vive tempos de mudança com nova direcção e nova equipa técnica, o que levou a criar novos objectivos para a época desportiva.

A equipa do Calhau é uma das equipas das zonas afastadas do Mindelo e é composta na sua essência, por jogadores residentes no Calhau, Ribeira de Calhau e Ribeira de Julião. A equipa esteve quase a não participar no campeonato da 2ª divisão por problemas financeiros e por falta de uma equipa técnica que pudesse dar garantias. Na óptica dos responsáveis, com estes dois problemas resolvidos, a meta é alta: conseguir vencer o campeonato regional de segunda divisão e a consequente ascensão ao G8, campeonato da segunda divisão.

Jailson Estevão, Mussul, assumiu o comando técnico da equipa e conta com dois jogos à frente do clube. No primeiro jogo, para a Taça de São Vicente, a equipa perdeu frente à Académica. Com três dias de treino disse que não poderia pedir muito e, no segundo jogo, as coisas correram melhor com um resultado positivo. Mussul que queria sentir o gosto da competição outra vez, tem-se dedicado à formação e revela que tinha vontade de pegar numa equipa da segunda divisão e trabalhar e levá-la a conseguir objectivos mais altos.

“Objectivo é sempre fazer uma boa época. Depois de me reunir com os jogadores, o objectivo é atacar o campeonato e queremos assumi-lo como líder”, faz saber Mussul. E esta confiança é baseada no querer e na vontade dos jogadores que prometem “dar tudo em cada jogo para conseguirem chegar ao objectivo”.

Com a dificuldade da zona que fica afastada do centro da cidade, Mussul confia no grupo e no projecto que agora tem em mãos. “É um projecto interessante e sabendo que a segunda divisão é difícil e bem disputada, um campeonato com muita ambição, queremos dar o melhor”. Este treinador que começou por dar apoio técnico à equipa, sentiu que o projecto era bom e aceitou o comando técnico que quer dar ao Calhau o gosto de estar na primeira divisão do futebol de São Vicente.

Com uma faixa etária entre os 18 e os 25 anos, sente que “é uma boa faixa etária” e promete uma equipa forte e interessante de ver jogar. Mas diz que tem os pés assentes por terra e que vai ser preciso muito trabalho. De momento, é usar o Torneio de Abertura para preparar para os jogos do campeonato. “Temos muito trabalho pela frente, focando bem os sectores e tentar usar o maior número de jogadores possível, e só assim é que se consegue uma equipa bem mecanizada no campeonato”.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.