Guardas esperam que o MJ pague o que deve.

22/08/2012 01:16 - Modificado em 22/08/2012 01:16
| Comentários fechados em Guardas esperam que o MJ pague o que deve.

Os agentes prisionais da Cadeia de São Vicente suspenderam a realização de uma greve, que tinha o propósito de reivindicar junto do Ministério da Justiça o pagamento dos serviços prestados. O MJ deu resposta positiva as suas revindicações e agora esperam ver cumpridas as promessas.

 

Os agentes prisionais da Cadeia de Ribeirinha, em conformidade com Associação dos Agentes de Segurança Prisional decidiram suspender a realização da greve, que visava reclamar o pagamento de serviços prestados ao Ministério da Justiça. A decisão dos guardas da Cadeia de Ribeirinha ocorreu depois da realização de um encontro, na manhã desta terça-feira.

 

Os funcionários dos Serviços Penitenciários analisaram os trâmites do acordo entre a AASP e o Ministério da Justiça e por unanimidade optaram pela suspensão da greve. Segundo os agentes prisionais “ a AASP facultou-nos os termos do acordo conseguido durante as negociações com o MJ. Depois de uma análise observamos que as nossas revindicações constavam desse pacto”.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.