“Cabo Verde perde muito dinheiro porque o ambiente de negócios não é bom”

1/02/2016 07:29 - Modificado em 1/02/2016 07:29

eurosO Chefe da Delegação da União Europeia em Cabo Verde, o Embaixador José Manuel Pinto Teixeira, em entrevista ao ‘Exepressodasilhas’ considera que “é necessário que o ambiente de negócios melhore. Cabo Verde tem um ambiente de negócios que não é compatível com os rankings de todos os outros indicadores: democracia, liberdade de imprensa, boa governação, corrupção. Aqui os níveis são muito bons; em termos de ambiente de negócios, o indicador está muito mau. Isto é algo que não é normal e é necessário fazer um esforço”.

Para que este quadro seja alterado, o mesmo defende que o Governo deve fazer mais para “reduzir a burocracia, melhorar a coordenação dos processos de decisão, agilizar as decisões, porque ainda existe uma mentalidade ao nível das instituições de obstáculo em vez de facilitador. Isto é o mais importante para Cabo Verde nos próximos tempos, obviamente, para dar resposta ao crescimento económico, à criação de emprego porque se não houver crescimento económico nem criação de emprego, não se conseguirá dar resposta ao crescimento da população

José Manuel Pinto Teixeira alerta que devido a esses constrangimentos Cabo Verde está a perder muito dinheiro. “O País não pode pensar naquela lógica de que quando aparece um grandíssimo investimento é tratado com punhos de renda como se costuma dizer. Muitas vezes, essas oportunidades aparecem e são efémeras, nunca se concretizam e o investidor que se comprometeu e empenhou o seu futuro com Cabo Verde e que já investiu e quer investir mais e que tem projectos concretos e experiência no sector, não consegue levar a cabo o seu investimento. Anda a saltitar de departamento em departamento e passam-se anos e as oportunidades também passam e Cabo Verde tem perdido muitas oportunidades”.

  1. alvaro martins

    o ambiente de negócios em cabo verde é realmente mau e, põe a nu ou seja a claro que há uma falsificação de dados relativos a outros itens, na medida em que um pais com boa governação não pode ter um mau ambiente de negócios.

  2. MPD

    de vez enquanto aparece esse portuguesinho a falar asneiras, o teu pais nao consegue sair da crise que esta mergulhado, agora vem dar palpites ca em cabo verde nem, vai catar coquinhos

  3. Antonio Delgado

    Concordo plenamente com o Sr embaixador a mentalidade dos funcionários das instituições é de obstáculo e não facilitar. Comprei um lote de terreno em achada grande e já levo 2 anos sem conseguir legalizar e construir. O problema é que no momento de implantação depararam que havia uma sobra de 60 metros quadrados e têm dificuldades em regularizar esta situação que quanto é mim simples de resolver.

  4. PAIGC-cv

    O comentarista do PAICV, colocou o tal comentario para enganar alguem, mas todo o mundo sabe que em cabo verde, quem nao gosta de falar em ambiente de negocio mau é os PAICIVISTA e JMN, o MPD sempre disse e afirma que o ambiente de negocio em Cabo Verde é mesmo mau, por causa deste mau governação do PAIGC.

  5. Francisco andrade

    Sr embaixador. Para cabo Verde sair do marasmo,deve-se primar pela Regionalização. Só assim teremos um desenvolvimento sustentado

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.