Tripulantes do navio Sal Rei retêm o barco para exigirem os salários em atraso

21/08/2012 02:19 - Modificado em 21/08/2012 02:19
| Comentários fechados em Tripulantes do navio Sal Rei retêm o barco para exigirem os salários em atraso

Os tripulantes do navio Sal Rei boicotaram por um período de seis horas uma viagem que tinha como destino as ilhas de São Nicolau e Santiago. Os funcionários do STM Lines reivindicavam o pagamento de três meses de salários. Por sua vez os passageiros revoltaram-se contra a situação até que a companhia marítima encontrou uma solução para o problema.

Passageiros do navio Sal Rei que faziam percurso São Vicente/São Nicolau e de seguida para a ilha de Santiago, na manhã de segunda-feira, ficaram retidos no caís Acostável do Mindelo até às 16 horas. Os passageiros deveriam seguir viagem para a ilha de São Nicolau às 10 horas, mas devido a um braço de ferro entre a tripulação e a administração da STM Lines, estes ficaram no cais à espera da resolução do conflito laboral.

De acordo com os passageiros com quem o NN falou “embarcamos no navio por volta das 9 horas, porque uma hora depois seguiríamos viagem para a ilha de São Nicolau. Mas, o navio não saiu a hora marcada e deste modo quisemos saber o porquê do atraso. Fomos informados pela tripulação que a viagem havia sido cancelada, porque a STM Lines estava a dever-lhes três meses de salário”.

Mas, ainda, de acordo com esses passageiros, o boicote realizado pelos tripulantes surgiu como uma acção de luta “queriam parte dos seus salários e deste modo encontraram nesta viagem um momento ideal para fazerem valer as suas revindicações. Disseram-nos que não tinham previsão para voltarem ao trabalho. Pelo que cabia aos responsáveis da companhia marítima resolverem o problema”.

Revolta

O boicote a viagem não agradou os passageiros, pelo que ao ânimos exaltaram-se no caís Acostável. Os passageiros fizeram uma manifestação e foi preciso a intervenção da Polícia Marítima para manter a ordem no caís.

Para solucionar o problema, a STM Lines entrou em negociações com a tripulação do navio Sal Rei. Segundo um dos responsáveis da embarcação, as partes chegaram a um acordo, “mas neste momento não iremos avançar os pormenores desse entendimento.”- Disse um dos tripulantes A verdade é que depois de seis horas, os tripulantes retomaram as suas funções e por volta das 16 horas, o navio Sal Rei abandonou a ilha de São Vicente, com destino a ilha de São Nicolau.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.