Inglaterra: Refugiados obrigados a usar pulseiras identificativas brilhantes

25/01/2016 08:32 - Modificado em 25/01/2016 08:32
| Comentários fechados em Inglaterra: Refugiados obrigados a usar pulseiras identificativas brilhantes

criancasmigrantesOs refugiados em Cardiff são obrigados a usar pulseiras identificativas com cores brilhantes, exigência feita pela empresa Clearsprings Ready Homes, contratada pelo Ministério do Interior para gerir o alojamento e a manutenção daqueles migrantes, para que tenham direito a receber três refeições diárias.

Um dos refugiados, Eric Ngalle, explicou ao jornal britânico ‘The Guardian’ que lhes foi dito que se recusassem o uso das pulseiras ser-lhes-ia negado o direito às refeições. No entanto, Ngalle não cedeu à ameaça e negou-se mesmo a usar a identificação no pulso, pelo que deixou de receber os alimentos.

O uso destas pulseiras brilhantes estão a causa polémica, como o preconceito a que os refugiados estão sujeitos quando alguém se apercebesse que estes estão a usar a identificação. «Alguns condutores veem as nossas pulseiras, começam a buzinar e gritam pela janela: “voltem para o vosso país”. Há pessoas que nos dizem coisas terríveis», acrescentou Eric Ngalle.

 

abola.pt

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.