CMP: PAICV quer que Ulisses apresente contas dos dois mandatos

19/01/2016 07:56 - Modificado em 19/01/2016 07:56

contasNa última semana, Ulisses Correia e Silva, Presidente demissionário da Câmara Municipal da Praia e candidato a Primeiro-ministro, anunciou a apresentação ao Tribunal Constitucional da declaração de rendimentos depois de ter estado dois mandatos à frente da CMP. Depois da apresentação das contas pessoais ao Tribunal Constitucional, a bancada do PAICV na Assembleia Municipal da Praia diz que vai pedir ao Tribunal de Contas para averiguar as contas da gestão de Ulisses Correia e Silva, ao longo dos dois mandatos.

Para o PAICV, a Câmara liderada por Ulisses Correia e Silva arrecadou, nos dois mandatos, milhares de contos provenientes da venda de terrenos. E fornece como exemplo, o ilhéu de Santa Maria, 201 mil contos, o Projecto da JSC-CV Construção em Quebra Canela, 106 mil contos. E, neste sentido, diz que com todo o dinheiro arrecadado, o Edil deixa uma dívida de três milhões de contos e com obras ainda por concluir.

“Assim, as questões que se colocam ao Doutor Ulisses Correia e Silva e equipa são as seguintes: Com tanta mobilização de recursos financeiros era possível ou não fazer muito mais? Tendo em conta os montantes arrecadados e o volume de investimentos realizados, existe ou não um remanesceste que deveria ser aplicado?”, questiona Jorge Garcia, líder da bancada do PAICV.

Perante “esta situação”, assevera que sem dúvidas vão fazer uma participação junto do Tribunal Constitucional para serem averiguadas e serem cabalmente esclarecidos.

  1. MONTANHA

    Nos ultimos anos, muitas coisas estranhas aconteceram neste país. Temos de repensar nossas atitudes para que nenhum politico volte a pensar que o povo é otario. As evidencias estão claras e pouca gente quer discutir. Os partidos mudam e tudo se abafa. A economia do país é sucumbida pelo pacto do silencio que existe no seio dos politicos, pois se houvesse responsabilização pelos atos, talvez o nosso PIB estaria muito mais a frente e o país, quem sabe, conseguiria atingir o desenvolvimento desejado em 2025 ou 2030. A principal ameaça para o desenvolvimento do país somos nós. A nossa forma de pensar e de agir ditará sempre o sucesso do país. Não precisamos ser estudados para entendermos isso, não precisamos ser politicos para vermos isso: Politica sem moral, conduz o país a uma economia sem transparencia e imoral, isto leva qualquer pais para tras. Em vez de avançarmos a 60 km/hora, seguiremos a vinte. Entretanto, para os calculos, chamamos os especialistas, mas para constatar, o senso comum é suficiente. Não vamos aceitar apenas palavras num mundo onde tudo é contabilizado, Os politicos gavam os 20km/h, mas sabem que poderiamos ir a 60, as contas podem revelar isso tudo,basta analisar o custo das mas decisões para entendermos que poderiamos estar muito mais a frente. PARA O BEM DO MEU PAIS, ASSUMO SER SEM COR PARTIDARIA E DECIDO SEMPRE PARA ESSE FIM!

  2. Maria José

    Só xuxadera. Apresentacao de contas pessoais (declaracao de rendimento) é uma coisa e apresentacao de contas da CMP é outra coisa. Há instituicoes proprias para o fazer e há timing proprio para o fazer, devendo os responsaveis pelas mesmas responder a todo momento, independentemente das funcoes que exerce. O Futuro primeiro Ministro responderá pelas contas da CMP a qualquer momento. O PAICV está mas é com medo, muito medo mesmo do Dr. Ulisses.
    Mas o mais feio de tudo isso é que demonstra que os deputados municipais do PAICV nao estao em condicoes de exercer os altos cargos da nacao caboverdiana, nomeadamente o Sr. Papaxinho de Pina.!!!

  3. Xuxante

    Para quem não sabe, e para que os leitores não sejam enganados pala “máquina da desinformação que é o PAICV”, o Ulisses mandou fazer uma auditoria ás suas contas quando assumiu o cargo de Presedente da Câmara e mandou fazer outra agora na sua saída.

  4. valdyr ramos

    Filu passou 8 anos à frente da Câmara da Praia. Entrou pobre e saiu podre…de rico.
    Não fez porra nenhuma pela Praia. Na altura pediram contas?????
    Bando de hipócritas

  5. Silvério Marques

    Não se compreende a pressa do PAICV em antecipar as coisas. Só pode ser campanha eleitoral. O mesmo Tribunal de Contas que penalizou a Câmara de Felisberto Vieira a repor as verbas mal gastas assim também o Tribunal de Contas no momento certo irá questionar a Câmara da Praia e seu ex-Presidente, Ulisses Silva. Por estas e por outras coisas que é bom viver em democracia. O tribunal cumprem a lei. Assim deverá continuar.

  6. roxana a fofa

    antes inocencio tenra q ser Inquerido na CPI pelo o Derrapagens de dinhero quando MIE. q ele COVARDEMENTE ae escondeo na Bancada parlamentar do PAICV

  7. Manuel M. Fernandes

    Quem remeche no esterco arrisca se a ficar enlameado.

  8. Francisco andrade

    Helena Fontes é parente da Cristina Fontes. Logo a razão do comentário.Mas aguarda pelo dia do julgamento final. A nossa vitória será nas urnas.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.