Yannick Djaló pede reforço policial

21/08/2012 01:25 - Modificado em 21/08/2012 01:25
| Comentários fechados em Yannick Djaló pede reforço policial

Receoso de que a sua moradia, no Penteado, Moita, possa ser novamente alvo de um assalto, Yannick Djaló solicitou um reforço policial.

 

“O Yannick está preocupado com o que possa acontecer a seguir e pediu apoio à GNR para vigiar a casa. Além disso, mudou todas as fechaduras e instalou um sistema de alarme”, revelou ao CM uma fonte próxima do jogador de 26 anos, que apresentou queixa-crime na GNR, denunciando que suspeitava de Luciana Abreu. “O Yannick acha que foi a Luciana e não quer estar a perder mais bens. Esta situação já lhe trouxe muitos prejuízos”, acrescenta a mesma fonte.

 

O assalto ocorreu no passado dia 10, e o jogador ficou sem uns brincos de diamantes, um relógio de luxo, um anel de ouro, telemóveis e um computador. Luciana prontificou-se a esclarecer que não tinha nada a ver com o assalto e ameaçou processar o futebolista por difamação.

 

DISPUTA PELO PORSCHE

 

A guerra pela disputa dos bens entre Djaló e Luciana está longe de chegar ao fim. A cantora já garantiu, através de um comunicado, que o Porsche Panamera, que custa cerca de 212 mil euros, é seu, mas o carro continua retido numa garagem, por decisão judicial. “Foi o Yannick que comprou o carro e ele não quer abdicar dele”, avança um amigo do futebolista.

 

 

 

 

 

 

 

vidas.pt

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.