SINDEP promete mais luta em 2016

30/12/2015 08:15 - Modificado em 30/12/2015 08:15

professoresO Sindicato Nacional dos Professores garante que o ano de 2016 será um ano de continuidade da luta. Isto devido a alguns incumprimentos por parte do Ministério da Educação para com a classe.

Em jeito de auto-avaliação do seu desempenho do ano que chega ao fim, esta quinta-feira, a direcção do SINDEP, traça o seu plano de actividades para 2016.

Nelson Cardoso, Secretário Executivo do SINDEP, citado pela RCV relembrou que no dia 16 de Outubro ficou acordado que não só se resolveriam os pendentes como também se resolveriam os casos mais pertinentes como as reclassificações de 2010, bem como o pagamento dos retroactivos dos 3% acordados no novo estatuto. “Uma parcela seria paga em Dezembro e a outra em princípios de 2016”. E até agora nada, esclarece.

A direcção do SINDEP está determinada para que sejam cumpridos os acordos. “Exigir do Governo o cumprimento cabal de uma vez só, em vez de “tranches” em 2016”, explica Cardoso que avisa que estarão atentos à implementação do estatuto da carreira docente.

E afirma que o Governo deve cumprir criteriosamente o prazo estabelecido pelo próprio documento.

“2015 foi um ano de união da classe docente”, frisou o Secretário Executivo, que caracterizou de intenso, muita luta, coligação e determinação pela forma como lutaram pelos seus direitos.

  1. Francisco andrade

    Devíamos ter congelado as notas nesse 1º trimestre, assim o Ministério de Educação aprendia a respeitar a classe docente

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.