António Monteiro: “o ano de 2015 não deixa saudades”

29/12/2015 09:17 - Modificado em 29/12/2015 09:17

ANTONIO MONTEIRO3O líder da UCID, António Monteiro, assegura que o Natal e a passagem de ano são épocas de reflexão e deve-se aproveitar este período para se pensar nas responsabilidades perante o País. Monteiro, para a revirada do ano, apela para que as pessoas pensem no próximo e naquilo que podem contribuir para a felicidade uns dos outros para que 2016 seja um ano de muita saúde, alegria, paz e prosperidade.

António Monteiro afirma que quase no final do ano, 2015 não deixa saudades e justifica apontando as muitas situações vividas em Cabo Verde e por este mundo fora que deixaram marcas negativas a muitas pessoas e enumera as dificuldades sociais, económicas e naturais, entre outras”. Entretanto, o líder da UCID relembra que o povo cabo-verdiano é esperançoso e acredita sempre que o amanhã será melhor.

“Se pensarmos que afinal estamos aqui de passagem e que tomamos de empréstimo tudo aquilo que usamos e temos das gerações passadas, e que nos cabe a nós preservar tudo isso para que a futura geração não seja defraudada com as nossas actuais atitudes, se pensarmos que, afinal, é preciso termos consciência que vivemos para servirmos, se tivermos tudo isso em conta, então valerá a pena festejarmos o dia do nascimento do Senhor”, diz António Monteiro num post nas redes sociais. O mesmo aproveita para desejar a todas as pessoas em Cabo Verde e por este mundo fora, profundos votos de Boas Festas com muita saúde, alegria e felicidades.

  1. carlos bentub

    nem o ano de 2015, nem o Antonio Monteiro deixa saudades, devem ser esquecidos

  2. ATENTO

    ENQUANTO OS POLÍTICOS CONTINUEM A PENSAR QUE OS RECURSOS DE CABO VERDE LHES PERTENCEM, POUCOS SÃO OS CABOVERDIANOS QUE ELOGIAM A GOVERNAÇÃO.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.