Contas da Baía 2012: deu para transformar as despesas em lucro.

20/08/2012 01:59 - Modificado em 20/08/2012 01:59
| Comentários fechados em Contas da Baía 2012: deu para transformar as despesas em lucro.

O NN entrevistou algumas pessoas que colocaram barraca durante a 28ª edição do festival da Baía das Gatas .Todos os entrevistados dizem que  tiveram boa venda, mas esperavam vender mais.

Rosy Alves de Calhau, 35 anos de idade ,coloca uma  barraca de venda na Baía das Gatas há  muito tempo e esperava melhor do festival “ desde 1992 a minha família coloca barraca e há anos de perda e anos de ganhos, mas nunca desistimos, como fazem algumas pessoas que vem pela primeira vez e a venda não corre bem e desistem “.
A barraca de “Dudu de Caiau” é uma barraca de cerca de 15 pessoas da mesma família e a responsável Rosy Alves diz que “este ano espera melhor, o ano passado estava com mais movimento’ mas a nossa venda correu bem e estamos contentes”.
Para José Pires, 32 anos morador em Madeiralzinho a venda foi razoável “ por ser a primeira vez acho que a venda foi razoável, ainda é uma experiência, esperava vender mais, mas acho que vale a pena e vou voltar para o próximo ano”.
“Se os grupos do próximo ano forem bons grupos acho que haverá mais pessoas, porque o público gosta de grupos de ” tcholda” que fazem o público vibrar” afirma José Pires.
Albertina Brito, de Horta Seca diz que a venda sempre correu bem “ Coloco barraca há 7 anos e a venda este ano correu bem, o ano passado foi melhor , mas é porque havia mais gente, talvez por causa da programação que não era muito atrativa. Albertina disse ao NN que vai voltar para o próximo ano.
Durante estes  três dias do festival várias pessoas colocaram barracas de venda na Baía das Gatas e os entrevistados pelo NN afirmaram que voltam para o próximo ano ,porque vai dando para transformar as despesas em lucro.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.