TACV apresentará queixa crime contra o deputado,Miguel Monteiro

23/12/2015 07:52 - Modificado em 23/12/2015 07:52

ATR-TACV-Jorge-BarbosaA TACV vai processar Miguel Monteiro, deputado do MPD, por considerar falsa e caluniosa a afirmação do mesmo quando diz que o PAICV vai usar 400 milhões de escudos de comissões da TACV para financiar a campanha legislativa de 2016. A companhia de bandeira refuta as acusações e garante que o advogado da empresa já tem instruções para apresentar uma queixa-crime por calúnia e difamação contra o deputado do maior partido da oposição. O CA alega que a empresa não vai comprar nenhum avião. Nem esteve nos planos da actual administração.

O Conselho de Administração (CA) considera repudiante a forma como o deputado Miguel Monteiro está a fazer política, visto que não tem um mínimo de ética e adianta que “não pode imperar a regra de quanto mais se difama e se calúnia, melhor”, logo, a TACV desafia o deputado a prescindir da sua imunidade parlamentar e provar em tribunal as imputações feitas.

Em nota de imprensa, a TACV assegura que são falsas as afirmações do deputado Miguel Monteiro e esclarece que “a TACV nunca anunciou a compra de qualquer ATR e por diversas vezes teve a oportunidade de esclarecer o público das confusões emanadas a partir da leitura do Aval de garantia aos pagamentos das rendas de locação de 2015, se houver incumprimento da transportadora”. Também acrescenta que o CA nunca planeou, durante a vigência do mandato de João Pereira, a compra de qualquer aeronave.

A companhia aérea nacional partilha da mesma posição da presidente do PAICV, Janira Hopffer Almada que veio a público contestar todas as acusações do deputado Miguel Monteiro e sustenta que deve levantar a sua imunidade parlamentar e dar exemplo aos cidadãos para a responsabilidade dos seus actos.

foto: Inforpress
  1. D. Semedo

    Deixem-se de brincadeiras. Se quiserem processar não hà tribunais suficientes para aturar-vos. Para jà não conseguem resolver problemas de imediato porque as prateleiras estão cheias e as ordens recebidas não coadunam.
    O TACV està mal da vida e não querem que se lhe diga.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.