TACV em situação difícil: 1º Ministro responsabiliza o mercado internacional

22/12/2015 08:05 - Modificado em 22/12/2015 08:05

tacvA TACV está suspensa da Câmara de Pagamentos (Clearing House) da Associação Internacional dos Transportes Aéreos – IATA, e agora tem de fazer todos os pagamentos a pronto ou antecipadamente. Contudo, a situação complicada em que a transportadora aérea nacional se encontra deve-se à conjuntura internacional da aviação civil, frisa o Primeiro-ministro, José Maria Neves.

Em entrevista à Inforpress, o Chefe de Estado considera que a solução para tirar a TACV da “forca” passa por encontrar um parceiro que queira herdar as dívidas e resolver, de uma vez por todas, a situação. Assim, JMN diz que “a empresa está a passar por um momento muito complicado. Outras grandes empresas já se fundiram ou aliaram-se e, neste momento, temos de concluir os estudos e ver se conseguiremos algum parceiro para podermos definitivamente resolver a questão da TACV”.

Por outro lado, o Governo não só busca soluções como também analisa a conjuntura internacional da Aviação Civil e esta também é uma das responsáveis pela situação em que se encontra a TACV e o Primeiro-ministro assegura que o Governo está a trabalhar para resolver o problema que surge agora com a decisão da IATA de suspender a companhia nacional da Câmara de Pagamentos.

  1. Acho que vou também atirar a toalha Zeminha. Não posso mais continuar a te defender e apoiar. Concordo com muitos internautas de que é a altura certa para falares só sobre o Natal e o fim de ano, desejar a todos festas felizes e calar-te. Remeta-se ao silêncio por uns 3 meses. Uma pessoa bem formada sabe a hora em que deve se calar e esta hora chega para todos. Chegou a tua vez. Não copies o Hugo Chavez. Ele não seguiu os conselhos do Rei da Espanha que o mandou calar, continuou a falar e deu no que deu. Um ano depois estava morto politicamente, depois veio a doença e aí ele capotou de vez. Mas antes disso fez a estupidez de entregar a Venezuela a um ex-mecânico. Imagine-se. Entregar um país de 30 milhões de habitantes a um ex-mecânico. Dois anos depois a Venezuela está de rastos e falida. ZEMA, meu amigo porque não te calas por 3 meses.

  2. Eduardo Oliveira

    A culpa é sempre do outro. O sr. JMN é uma pessoa “very clean”. Nunca comete faltas, nunca mente e so faz coisas monumentais como a Cidade Administrativa e a Cidade na sua capital. Desportiva. Para dividir, então, é melhor que o Jorge (de mà consciência) e maior ainda que o Alberto (o Einstein).

  3. Atento

    O problema é do mercado ou é de Gestão? O PM deve pensar que nos somos estúpidos. Nas eleições já falamos.

  4. João de Deus Soares

    Dapois de tudo quanto se vê e se ouve da logica partidària, hà uma soluçao que consiste em unirmos numa vasta frente de defesa republicana para dizer NÃO às arbitrariedades e aos caprichos de mediocres que impedem a marcha no melhor caminho de desenvolvimento do Pais. E para hà que – simplesmente – utilizar de forma mais correcta cada um dos boletins de voto.
    Podem estar certos que PODEMOS.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.