2015 marcado por homicídios, violação sexual, tráfico de droga de alto risco, desfalques

22/12/2015 07:58 - Modificado em 22/12/2015 07:58

mindeloAo longo do ano de 2015 vários processos deram entrada na Procuradoria de São Vicente. O ano ficou marcado por vários crimes de violência, homicídios, suicídios, violação sexual contra menores, tráfico de droga e desfalques. Estes foram alguns dos casos que marcaram o ano de 2015 de forma muito negativa.

Os casos que parecem ser mais graves registados pelo NN foram seis homicídios, uma violação sexual contra criança, desfalques nos bancos, crime de tráfico de alto risco, ‘Perla Negra’.

Homicídios

O primeiro homicídio a registar em 2015 foi o do ex-segurança da SILMAC, Nelson Santos de 26 anos. O jovem foi assassinado no passado mês de Fevereiro. Nelson encontrou a morte nas mãos do jovem Hernâni Barbosa de 19 anos. O jovem terá deferido golpes de arma branca no pescoço da vítima causando-lhe a morte. O suspeito encontra-se em prisão preventiva  desde a data dos factos.

Em Junho, Tiago Almeida de 18 anos, foi assassinado ao ter sido atingido com um golpe de um objecto cortante no  pescoço que lhe cortou a veia jugular.  O agressor é um jovem de 16 anos que foi detido pela PN em flagrante delito.
O juiz da Comarca de São Vicente acabou por colocar em prisão preventiva o homicida confesso conhecido por “Maky”. Outros dois indivíduos  que acompanhavam o agressor ficaram sob TIR, Termo de Identidade e Residência.
Em Agosto, o empresário Raul Dias foi assassinado à facada pelo seu empregado. O suspeito que trabalhava para a vítima, teve uma discussão com o patrão e acabou por atingi-lo com uma faca.

Ainda no mesmo mês, um indivíduo ficou em prisão preventiva por ter atirado uma pedra com cerca de seis quilos, à cabeça de um jovem residente na zona de Ribeira Bote.

No mês de Novembro, mais dois indivíduos perderam a vida na sequência de desentendimentos. Uma das vítimas com cerca de 50 anos morreu  na sequência de um desentendimento com um vizinho que lhe desferiu uma pedrada na cabeça.

A vítima conhecida por “Dicha”, foi conduzida ao hospital mas acabou por falecer no dia seguinte. O último caso de homicídio foi o do jovem Rudnei, de 18 anos, baleado por um agente da Polícia Nacional na zona da Ribeira de Julião. O agressor ficou sob TIR.

Violação sexual contra menor

Um outro caso que também abalou a sociedade foi o do pastor da Igreja Baptista, Tony Pinto, que foi preso por suspeita de ter abusado sexualmente de uma menor. O pastor foi detido pela PJ na sequência de uma denúncia por parte do pai da vítima.
Após três meses, o pastor foi libertado pois o exame médico realizado à menor de 15 anos que acusava o Pastor da Igreja Baptista de abuso sexual, revelou que a vítima é virgem. O exame ginecológico foi determinante.

Desfalque Caixa Económica

No mês de Julho, o subgerente da Agência da Caixa Económica do Mindelo, Herberto Rodrigues, foi acusado de desviar 280 mil euros do cofre da referida agência. O valor em dinheiro terá desaparecido do cofre da agência da Av. 5 de Julho tendo sido recolhidas as impressões digitais de todas  as pessoas  que tinham acesso ao cofre.
O arguido que ficou sob TIR, voltou ao banco dos réus, mas desta vez o Tribunal entendeu mais seguro conduzir o subgerente à Cadeia de São Vicente onde aguarda pelo julgamento.

Tráfico de droga de alto risco

O caso denominado ‘Perla Negra’ que envolveu seis arguidos acusados de crimes de tráfico internacional de droga agravado, associação criminosa e lavagem de capitais, concluiu-se agora em Novembro com a condenação dos arguidos a cumprirem penas efectivas de 16 e 15 anos de prisão e ainda com a confisca dos seus bens declarados a fundo perdido a favor do Estado de Cabo Verde.

O único cabo-verdiano e empresário envolvido conhecido por “Chando Badiu” teve a pena mais pesada de 16 anos, enquanto que aos outros foram aplicadas penas de 15 anos pelos crimes de tráfico de droga de alto risco agravado, de associação criminosa, de lavagem de capitais agravada e de posse de arma.

  1. montanha

    Os destaques da criminalidade foram muito bem resumidos. Agora gostaria de ver o resumo politico de obras e realizações feitas em são Vicente (construções, obras da câmara e do Governo) para vermos quanto foi investido naquela ilha. se ouve melhorias em relação ao ano passado (aspetos positivos e negativos).

  2. Francisco andrade

    O NN não mencionou as manifestações de rua.
    Grato

  3. maria

    dados falsos, sto antao santiago e o pais no todo registaram violações agressões e assasinatos e prisões por posse e trafico de estupefacientes, são n casos e nao o que escreveram!

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.