São Vicente: Distribuição de água só será normalizada em Janeiro

18/12/2015 07:42 - Modificado em 18/12/2015 07:42

baia mindeloA distribuição de água em São Vicente deverá melhorar até ao Natal, mas só no início de Janeiro de 2016 é que a situação estará normalizada. Isto, após uma avaria de dois dessanilizadores que originou irregularidades na distribuição da água. Todavia, os clientes já estão a sofrer com a falta de água e criticam a Electra Norte.

Até à recuperação dos equipamentos, quem sofre é a população de São Vicente que reclama pela falta de água e há quem afirme que já está há 22 dias sem água e Monteiro questiona ainda a Electra: “posso ir descontar a factura do carro da água que tive de chamar e cobraram-me 5000$00?”. Ainda Monteiro num post no seu perfil ironiza com a empresa que tem sido alvo de críticas e relembra que se forem os utentes a falhar com os seus compromissos, ou seja, a não pagarem as facturas, é logo corte de serviço e ainda se paga a taxa de religação para aprenderem a não falhar.
Liliana Soares comenta e pergunta “o que mata é que com eles, os nossos compromissos têm de ser honrados, mas onde está a honra para os nossos pagamentos em dia?”. E, como disse o Director de Produção, quem mais sofre não são só as zonas altas, mas também os prédios altos estão na escassez e, diz Luís, “este é um país destroçado. Tudo está desgovernado. Nós que moramos nos prédios altos vivemos na penúria. Qual é a solução meu Deus?”.
Outro cliente descontente diz que já está farto das ladainhas e diz: “eu não quero saber das avarias da Electra e muito menos dos “pedidos de desculpas”. Mensalmente pago as minhas facturas, por isso, quero ter água e electricidade sempre em casa. A Electra não se deve esquecer que tem um contrato de fornecimento de água e electricidade com os consumidores. Porque é que não há avarias no sistema de cobranças? É que mesmo não consumindo, porque não há nada para consumir, há sempre contas a pagar. Há mais de um mês que não tenho água a passar no contador, mas nunca tenho consumo ZERO. E não venham com a história de “passagem de ar conta”, a Electra não é fornecedora de ar”.
O Director de Produção da Electra Norte, Hipólito Gomes, diz à RCV que “há zonas que estão a receber água num intercalar de 15 dias e as zonas altas são as mais afectadas, visto que a distribuição só se fará em boas condições, quando tivermos água em quantidade suficiente”. Isto porque com os dois dessanilizadores avariados, a capacidade de produção de água da Electra Norte fica comprometida e, consequentemente, a sua distribuição, uma vez que a produção é de cinco mil toneladas dia e caiu para sessenta por cento. Porém, o Director garante que até ao Natal as coisas devem melhorar, mas a normalidade só deverá regressar no início de Janeiro.

  1. Até o Natal devem molhar, isto quer dizer ainda não é certa. Estamos mal.

  2. ssp

    Até lá Electra já ta tem nós matod d sede pk nem sentina tem agua.
    Min jame tem kuase um mês sem agua e um te paga ness conta tud mês a tempo, agora perguntá ék t fka kenhé ék t resolvé problemas d mindelenses?

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.