MpD decide cabeças de lista em Janeiro quando todos sabem quem são

17/12/2015 08:00 - Modificado em 17/12/2015 08:00

MPDO MpD reúne no próximo dia 16 de Janeiro para confirmar os cabeças de lista e componentes das listas para as eleições legislativas calendarizadas para o dia 20 de Março. No norte do país, Santo Antão e São Vicente, mesmo sem a confirmação oficial do partido Jorge Santos vai avançar para Santo Antão, e João Gomes vai assumir como cabeça de lista para o círculo de São Vicente.

João Gomes assume a responsabilidade de liderar o partido na ilha de São Vicente, considerado o segundo maior círculo eleitoral e dos mais importantes, tanto estratégico como a nível de deputados, com eleição de 11 deputados para o parlamento.

O MpD aprovou o seu código interno para a eleição dos cabeças de lista para as legislativas, e João Gomes que tem desempenhado o cargo de coordenador do partido em São Vicente surge posicionado para dar continuação ao trabalho de campo.

Pelos leitores do NN ele foi considerado o melhor candidato para representar o partido, segundo um inquérito levado a cabo por este online. E surgiu a frente de candidatos como Humberto Lélis, outro nome concorrencial para ser cabeça de lista, Celeste Fonseca, ou mesmo o deputado nacional do partido Humberto Cardoso. Inquérito que Gomes aceitou de bom grado, mas priorizou o partido na altura dos resultados.

De todos as formas Gomes vai ser um cabeça de lista oriundo,do círculo eleitoral da ilha, o que não aconteceu nas últimas eleições quando Jorge Santos assumiu a liderança da lista nas eleições de 2011.

Com a marcação da data das eleições ficam mais claro para os partidos a meta a alcançar e delinear as estratégias de campanha.

  1. Osvaldo Dantas

    Oriundo do circulo eleitoral da ilha, como? A que circulo eleitoral se refere? A S.Nicolau?

  2. Virulento

    Em vez de o MPD estar a tratar da cabeça de lista, preocupa-se com o PAICV que já tem a lista consensual , boa e ganhadora para 2016, está a dar no que toda a gente sente-se o MPD com dificuldade em conseguir candidatos porque Ulisses está sem alternativa e com pessoas capazes para garantir mudança (in)desejada.

  3. Felismino Santos

    Soncent cabod na nada. Depois de um Santantonense (Jorge Santos) vem um S.Nicolauense para liderar a lista em S.Vicente. Quando outros perdem a confianças das suas gentes nas suas ilhas, vêm refugiar-se em S.Vicente, como é o caso do João Gomes que tendo governado a Presidência da Assembleia Municipal de S.Nicolau durante 4 anos, por um Grupo de independentes, contra o MPD, vem agora refugiar-se nesta ilha. Mindelenses! Acreditem e confiem na nossa gente para dirigir os destinos da nossa ilha.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.