Quadra Festiva: o peso do álcool no orçamento familiares

15/12/2015 07:23 - Modificado em 15/12/2015 07:23
| Comentários fechados em Quadra Festiva: o peso do álcool no orçamento familiares

alcool2O consumo do álcool tem sido uma preocupação de quase todas as instituições sociais do país. Os níveis de consumo têm aumentado muito, o que preocupa cada vez mais as autoridades. As campanhas contra o uso abusivo do álcool têm sido constantes mas, ao que parece, todo o trabalho feito pelas autoridades e associações sobre o tema tem um pequeno problema, a quadra festiva de Dezembro. Isto porque a festa “para ser festa” tem de ser regada com álcool, isto é, muito álcool. A “tradição”, entre aspas claro, é o consumo de álcool durante as festas.

“Por acaso, durante as festas há muita bebida”, constata Manuel Duarte que acrescenta que as pessoas estão contentes e querem ficar ainda mais. “É uma forma de deixar as pessoas sociáveis e alegres e já é comum todos os anos e acho que o consumo só tende a aumentar”.

São tradições que as pessoas têm e que não largam mesmo as que não consomem bebidas; a questão é deixá-las prontas para quem chega. “Por acaso não sou muito fã de bebidas alcoólicas”, confessa Antónia Lima, “mas não sabemos quem nos vai visitar, por isso, temos de ter sempre algo para oferecer”. Este argumento é usado pelos que não consome álcool mas que preparam para os que consomem. “Festa são festas”, enfatiza Patrick Santos.

A questão é que a compra do álcool acaba por ter um peso no orçamento para as festas. “Pelo menos, uma caixa de cerveja, um pontche e grogue não podem faltar nem no Natal nem no fim do ano”, revela Calú Rodrigues. Na mesma senda, Patrick Santos faz as contas e não foge muito do que Calú compra. “Tem de haver algo nas festas, não se pode é estar sem nada”, afirma.

É pois, um clima de festa que se alastra por todos os locais, num clima de paz e harmonia e numa fusão com o álcool. Esta é a única época do ano em que paz e harmonia se corroboram com o consumo, às vezes excessivo, do álcool.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.