Jovem acusa agente da BAC de a obrigar a despir- se para depois a bater

15/12/2015 07:13 - Modificado em 15/12/2015 07:13

Araci Monteiro, uma jovem de 23 anos residente na zona de Chã de Tiliza, acusa a Polícia de a ter agredido de forma brutal na Esquadra de Fonte Inês.

A vítima diz que foi detida na sequência de uma briga entre um indivíduo que a agrediu com dois socos na boca. Tudo aconteceu no passado sábado na zona da Ribeirinha onde decorria uma actividade. Entretanto, a Polícia Nacional foi accionada para intervir tendo detido Araci Monteiro.

A jovem acusa uma agente da BAC de a ter agredido com o cacete no braço, no rosto, nas pernas e no ouvido, na Esquadra de Fonte Inês. A jovem que diz ter dado à luz um bebé com recurso à cesariana há apenas poucos meses, alega que a agente a obrigou a retirar a roupa para lhe bater e, por ter recusado, agrediu-a ainda mais e teve de ficar apenas com roupa interior.

Evandro, Comandante da Esquadra em Fonte Inês, confirma que a jovem se encontrava na zona da Ribeirinha onde, sob o efeito do álcool, provocou distúrbios no local o que terá motivado a diligência da polícia. O Comandante esclarece que a jovem foi conduzida à Esquadra para identificação. O mesmo nega agressão na Esquadra alegando que esta terá sido agredida no local por pessoas com quem a vítima se terá desentendido.

Questionado sobre os hematomas e o estado em que a vítima se encontrava e as graves acusações por parte da jovem, o mesmo prometeu esclarecer o caso e averiguar até que ponto poderá ter havido agressão.

  1. gressives paaaa

    BAC e mau, ela ca tem nem onde tma um pauladia Sr. Guardia

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.