Assaltantes de taxistas condenados a penas de 12 e 14 anos de prisão

9/12/2015 08:18 - Modificado em 9/12/2015 08:18

taxi svO Tribunal da Comarca de São Vicente condenou ,esta terça-feira, dia 08, dois dos três arguidos acusados de terem assaltado e aterrorizado diferentes taxistas na ilha de São Vicente.

São três os arguidos suspeitos de terem andado a aterrorizar os taxistas na ilha de São Vicente entre os meses de Julho e Setembro.

Os suspeitos estavam sendo acusados de diversos crimes, entre os quais, crimes de roubo com violência, sequestro, detenção de arma e condução ilegal. Para além destes crimes, os arguidos respondiam ,ainda , pelo crime de violação com penetração contra uma a jovem na zona de Chã de Marinha.
Os factos foram provados e o juiz do 2º Juízo Crime entendeu condenar o arguido Valério a uma pena única de 12 anos  de prisão enquanto que o Romilson apanhou uma pena de 14 anos.

Os três assaltantes que andavam a aterrorizar os taxistas na ilha de São Vicente actuavam em trio e perpetuavam os crimes da mesma forma. Encapuçados, os assaltantes utilizavam uma pistola “brinquedo” e uma tesoura para intimidar as vítimas. Na Avenida Marginal, área da Laginha, os assaltantes solicitavam fretes aos taxistas e pediam que os levassem à zona de Monte Sossego, concretamente Alto Casa d´Agua.

  1. medidasurgentissimo

    Imaginam cadeia para estas tamanha e numerrissismo desgraça de que serve, Estado Caboverdeano tomam medidas porque isso é demais as populações já não aguentam mais.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.